MOVERS & SHAKERS DO LIBRARY JOURNAL E PRÊMIO LAURA RUSSO 2013

A marcante foto de Luiz Vasconcelos no dia do Abraço à Biblioteca Pública do Amazonas.
Escrevo de Coari (AM), em condições adversas, contudo não podia deixar de registrar o sentimento de orgulho, seguido de gratidão que me trouxe a indicação para o Movers & Shakers do Library Journal, vinda de um Bibliotecário FORA DE SÉRIE como o Moreno Barros, que já contribuiu aqui no Caçadores de Bibliotecas contando um pouco de suas vivências bibliotecárias. 

Fiquei também muito feliz de saber da indicação do William Okubo, para o Prêmio Laura Russo 2013, tendo em vista que já o considerava um Bibliotecário FORA DE SÉRIE e assim como o Moreno ele também contribuiu nessa seção que tem por finalidade destacar pessoas que fazem a diferença com amor e respeito a profissão.

O grande barato desse reconhecimento é saber que pode auxiliar a nossa luta pela abertura da Biblioteca Pública do Amazonas, tendo em vista o alcance internacional. E desde já deixo claro que é um trabalho conjunto realizado por outros apaixonados por Manaus e pelo sonho de uma cidade mais justa. São eles os amigos Evany Nascimento, Katty Nunes, Thiago Giordano Siqueira, Jean Racene, David Carvalho, Matheus Santos e todos aqueles que assinaram a petição pública, aqueles que vestiram ou posaram com a camisa, aqueles que tem postado suas fotos, criado música ou fizeram artes, aqueles que doaram dinheiro para compra do material para tinta e xerox, para todos que foram para a rua e que tem gritado conosco ABRE BIBLIOTECA.

Quanto a você Moreno Barros, saibe que lhe vejo como a cara da Biblioteconomia jovem, desafiante, inovadora e sei que você merece figurar também entre os indicados. 

Bom, encerro por aqui (sem revisão de texto), agradecendo de todo meu coração as palavras contidas no texto publicado no Bibliotecários sem Fronteiras:
..........................................................................




O Movers & Shakers do Library Journal é uma premiação dessas “funcionário do mês”, ou melhor ainda, de bibliotecários escolhidos por seus colegas como os que mais “sacudiram e inovaram” o cenário das bibliotecas e da profissão no último ano. Eu sempre acompanhei a eleição e acho uma boa apresentação americana do que eu considero uma das tarefas mais difíceis na nossa área: identificar talentos e mapear as boas práticas.

A novidade é que esse ano eles estão aceitando indicações internacionais, então por que não ter um representante brasileiro? Foi aí que eu pensei comigo, quem, no ano de 2012, entre os bibliotecários brasileiros, mais “sacudiu e inovou”? E a resposta estava na ponta da língua: Soraia Magalhães


Acho muito difícil que algum bibliotecário minimamente preocupado com a profissão e com bibliotecas não tenha tomado conhecimento do movimento Abre Biblioteca que Soraia está conduzindo em Manaus, como uma iniciativa solitária pela reabertura da biblioteca pública local, que está fechada há anos. Claro que Soraia conseguiu encorpar o movimento com a mobilização de muitas outras pessoas (refletida nas centenas de fotos circulando nas redes sociais da gente com o poster e camisa do movimento), não está fazendo isso sozinha nem conseguiria a projeção que conseguiu se muitos outros bibliotecários não viessem em defesa e promoção da causa (milhares de assinaturas na petição pública e membros no grupo do facebook). Mas toda a organização e força do movimento está ali, nela. Se não fosse por Soraia, o evento tal como se fez, não teria acontecido.


[leia mais sobre o Abre Biblioteca aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui]

A biblioteca continua fechada, é verdade. Muitas pessoas devem achar que ela só está fazendo isso pra aparecer, é verdade. Muita gente acha que toda a manifestação não vai dar em nada e pode até sobrar pra ela. Mas Soraia fez e está fazendo, porque gosta e porque se preocupa com a biblioteca pública, eu não tenho nenhuma dúvida disso. 
Não preciso de maiores motivos para sugerir que, se algum bibliotecário brasileiro merece figurar na lista internacional do Movers & Shakers do Library Journal, ninguém merece mais esse ano do que Soraia. 

Então quem achar que vale o reconhecimento pelo movimento Abre Biblioteca liderado por ela, indique-a no site do Movers & Shakers 2013. Existem dois campos principais, nominee (a pessoa nomeada, Soraia) e nominator (quem está nomeando, você). Basta preencher os campos indicados, com nome, endereço, etc. Sigam o exemplo abaixo, que contêm as informações necessárias.

First name: Soraia
Last name: Magalhães
email: soraia.mag@gmail.com
Place of employment: Caçadores de Bibliotecas
Adress 1: Rua Barroso, 57
Position: librarian
City: Manaus
Zip: 69010-050
State: non US
Phone: 55 92 234-0588
Country: Brazil

Mais abaixo existem 4 blocos de textos, onde pedem no primeiro bloco as razões para a nomeação; (coloquem algo como “Soraia lead a movement for the reopening of the Amazon State Public Library in Brazil, protesting against the closure that has lasted over 5 years. She collected thousands of public signatures to pressure the State Government and gathered thousands in a facebook group”.)

no segundo campo pedem um exemplo de projeto, evento, movimento que justifique a nomeação; (coloquem o “Abre Biblioteca movement”, com um desses dois links com as fotos e tal)

http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2012/07/manifestacao-cobra-reabertura-da-biblioteca-publica-do-amazonas.html

http://terramagazine.terra.com.br/blogdaamazonia/blog/2012/07/22/sem-biblioteca-manaus-e-um-corpo-sem-alma-um-cadaver/

no terceiro campo pedem para descrever um atributo ou característica que representa o que há de melhor na indicada (podem colocar leadership, porque americano gosta dessas coisas)

e no quarto campo pedem o email, telefone e email de outra referência. (não entendi direito, mas se for uma referência tipo de emprego, podem colocar o meu)
Moreno Barros moreno.barros@ gmail.com 55 21 25627304 



A outra grande eleição que está aberta é o Prêmio Laura Russo 2013, promovido pelo CRB-8. As regras para indicação são um pouco confusas (não entendi se a pessoa tem que se candidatar e escrever um artigo nas regras da ABNT para ser agraciada). Mas interpretando fielmente o regulamento da premiação, que diz:


o O CRB-8ª região continuando a prestigiar os ideais dessa ilustre profissional, confere anualmente distinções aos que, de alguma forma, contribuíram com o seu trabalho no âmbito dos temas anualmente escolhidos. Do tema 2013: “Bibliotecas e centros de informação no século XXI : novos leitores, novas práticas, novos desafios”.

O tema desta edição do Prêmio foi escolhido em função da importância que as bibliotecas e centros de informação e o desempenho dos profissionais bibliotecários que neles atuam, têm na construção da plena cidadania, no fortalecimento da competência informacional, na formação de leitores, na educação formal, no desenvolvimento social, econômico e cultural.

eu não conheço nenhum outro bibliotecário que tenha cumprido melhor esse desempenho exigido do que William Okubo, bibliotecário da Mário de Andrade, em São Paulo. 

Quem acompanha o trabalho do William na Mário ou suas reverberações fora da biblioteca nas redes sociais, no movimento associativo, nas rodas de leituras, nos eventos profissionais, no ativismo político, etc, sabe que ele é a personificação do elo perdido do bibliotecário erudito e ao mesmo tempo técnico e humano suficiente para cumprir com a profissão. Ouso falar que ninguém sabe mais de literatura contemporânea do que William, que convenhamos, na nossa profissão é coisa raríssima hoje em dia.

William já foi mais aparecido, vocês podem ver mais sobre o trabalho dele aqui, aqui, aqui, aqui

Não preciso de maiores motivos para sugerir que, se algum bibliotecário merece receber o Prêmio Laura Russo 2013, seja pelo ano de 2013 ou pelo conjunto da obra, ninguém merece mais do que William. 

Então quem achar que vale o reconhecimento pelos serviços prestados nas bibliotecas públicas de São Paulo, indique-o no site do CRB-8. Existe um regulamento, mas como não ficou muito claro, pelo menos pra mim, vocês podem enviar a indicação do William pelo email: crb8@crb8.org.br até 30 de outubro. 


Parabéns e tragam o caneco pra casa! 
TEXTO EXTRAÍDO DO BIBLIOTECÁRIOS SEM FRONTEIRAS
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

2 comentários

Clique aqui para comentários
Obrigado pelo seu comentário