Postagens

Mostrando postagens de janeiro, 2012

MUSEU DO SERINGAL - VILA PARAÍSO - MUSEU EM MANAUS

Imagem
É a segunda vez que visito o Museu do Seringal - Vila Paraíso, um interessante e bonito espaço cultural da cidade de Manaus que permite compreender as condições em que vivia o homem na região quando da exploração da borracha na Amazônia no século 19. O local, favorece aproximação com a floresta e o rio. O espaço serviu de cenário em 2000 para o filme "A Selva", do diretor Leonel Vieira que teve como estrela, a atriz Maitê Proença. A trama é uma adaptação do livro do escritor português Ferreira de Castro. Observei que o lugar é pouco conhecido das pessoas da terra, por isso posto aqui mais imagens objetivando estimular o interesse sobre o local que merece ser mais e mais valorizado. Por que estou escrevendo sobre o esse museu já que fiz uma postagem há algum tempo atrás? É que dessa vez fui com meu amigo sueco Peter Janzon e minha mãe. Peter, ficou tão impressionado pela história, que na terça-feira, dia 24 quis ir ao no Museu de Imagem e Som - no Palace

BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL DE OURO PRETO - MINAS GERAIS

Imagem
Sempre quis conhecer a Biblioteca Pública de Ouro Preto e apesar de ter visitado tantas vezes essa cidade, somente em 2012 realizei esse feito. Funciona desde 1996 em um prédio histórico que foi antigo mercado e pouso de tropeiros. É um grande casarão que comporta salas de leitura e acervos diversos, inclusive sobre a memória de Ouro Preto e Minas Gerais. Possui também espaço para atendimento ao público infantil e para uso de computadores.  Ouro Preto é uma cidade muito cultural e tem relação com os aspectos que envolvem bibliotecas públicas desde 1831, quando foi criada pela sociedade promotora de instituição pública. Claro que naqueles tempos não seguia os moldes que conhecemos hoje, mas possuía um elemento muito especial, pois iniciou seus trabalhos em um dos casarões da Praça Tiradentes, ou seja muito próxima dos grandes acontecimentos. Conversei com o Diretor da Biblioteca, Florêncio Juliano Cota que tem formação em Pedagogia e que parece ser um entusias

BIBLIOTECA DE OBRAS RARAS DO MUSEU DE CIÊNCIA E TÉCNICA DA ESCOLA DE MINAS - OURO PRETO

Imagem
Poucas pessoas sabem que no interior do Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas em Ouro Preto, existe uma biblioteca de obras raras. O prédio, que foi o antigo Palácio dos Governadores e data de 1741, nos dias atuais está vinculado a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). O museu possui um acervo muito relevante vinculado a área de ciência e tecnologia, contudo, até pela minha formação e pelo trabalho que venho desenvolvendo, meu grande interesse era conhecer a Biblioteca de Obras Raras, que soube, permanece no mesmo espaço em que foi criada com mobiliário de seus primeiros anos. Sendo período de recesso relacionado as festas de final de ano, não foi possível conhecer a biblioteca. O bom foi que pesquisei no site da UFOP e descobri as imagens que posto aqui. É válido destacar que a biblioteca foi criada por Henri Gorceix na época da inauguração da Escola de Minas em 1876 para atender aos estudantes. Uma biblioteca escolar naquele tempo! De acordo com dados púb

MUSEU DE CIÊNCIA E TÉCNICA DA ESCOLA DE MINAS - OURO PRETO

Imagem
O Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas está localizado na cidade de Ouro Preto e funciona no antigo Palácio dos Governadores. Possui um dos maiores acervos de rochas e minerais de todo o mundo, além de vários outros setores relacionados à ciência. Possui também uma Biblioteca de Obras Raras. O prédio, que data de 1741, já foi Escola de Minas de Ouro Preto e nos dias atuais está vinculado a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). É um Museu enorme e suas coleções estão divididas por setores como: Mineralogia, História Natural, Mineração, Metalurgia, Física, Astronomia, Topografia, Desenho e a Biblioteca de Obras Raras. Essa visita ocorreu com meu querido amigo Peter e ambos comentávamos que o lugar é ideal para levar alunos. Numa determinada sala por exemplo, se tem uma ideia de como deve ser o interior de uma mina de ouro. Numa outra, é possível realizar pequenas experiências com brinquedos que criam enorme curiosidade sobre questões relacionadas a Fí

CENTRO DE ESTUDOS DO CICLO DO OURO - CASA DOS CONTOS - OURO PRETO - MG

Imagem
Para quem não sabe, a Casa dos Contos de Ouro Preto possui um valioso acervo documental que data dos séculos 18 e 19 e faz parte do Centro de Estudos do Ciclo do Ouro. Consiste numa biblioteca especializada que disponibiliza informações referentes a: ...folha de pagamento de funcionários da capitania, cartas, instruções e ordens régias, arrematação de contratos e registros de rendimentos de diversos impostos como dízimos, direitos de entrada e de passagem, ofícios de justiça e fazenda, quinto do ouro e capitação de escravos, subsídios voluntário e literário, contas corrente, receita e despesa, dentre outros. Apresenta também documentação pessoal de contratadores e livros da Superintendência e guarda-moria de terras e águas minerais. Além do belíssimo Museu, a Casa possui boa área reservada para estudos e conforme podemos ver nas fotos, o acervo está acondicionado em estantes antigas e envidraçadas. Possui mesas amplas e o espaço é bem iluminado. Muito bom saber

MUSEU CASA DOS CONTOS - OURO PRETO - MG - BRASIL

Imagem
Um dos prédios históricos que considero mais bonito de Ouro Preto é a Casa dos Contos que dispõe de um precioso museu com acervo voltado para a evolução da nossa Moeda, bem como apresenta mobiliário e objetos diversos, estantes e documentos manuscritos e uma senzala no subsolo. A primeira vez que visitei, imaginei que o nome estava relacionado à literatura, contudo, enorme engano. Deve-se a relação do casarão com a cobrança de impostos na época da capitania em Minas. Foi construído entre 1782 e 1787 a mando de João Rodrigues de Macedo, um rico português enviado pela coroa para cobrar impostos. Era comum que as construções atendessem a duas finalidades, moradia e negócios e essa edificação além de ter recebido importantes personalidades da época, está relacionada a Inconfidência Mineira e serviu até de prisão para alguns dos Inconfidentes, inclusive em uma das salas o poeta Cláudio Manoel da Costa foi encontrado morto. Suicídio ou assassinato? Quem poderá saber...

LER PARA CRESCER NO AMAZON SAT

Imagem
O Instituto Ler para Crescer na Amazônia vai estar na tela do Amazon Sat hoje, no telejornal, Edição de Domingo, às 18:00hs, mostrando um pouco das atividades que envolvem o estímulo a leitura e o ato de brincar. Escolhido como uma das melhores iniciativas na região norte voltadas para interação e busca da melhoria da qualidade de vida de pessoas em áreas pouco privilegiadas, o LPC vem desenvolvendo importante trabalho na cidade de Manaus há mais de cinco anos. Por isso, em fevereiro de 2012, receberá o Prêmio ANU DE OURO no Rio de Janeiro por sua ação significativa em nível regional e ainda concorre em nível nacional ao ANU PRETO que é uma premiação ainda mais importante. A matéria realizada pela equipe do Amazon Sat na Biblioteca do LPC - em Novo Israel, deve ter ficado joia! As crianças ouviram histórias, leram e alguns dos meninos foram entrevistados. Dava para perceber que todos sentiam enorme prazer em estar ali. Eu estava lá e assim como eles, adorei. Foi lin

CASA BORBA GATO - ARQUIVO HISTÓRICO E BIBLIOTECA EM SABARÁ - MG

Imagem
Sabará possui um casarão de dois pavimentos datado século 18 que nos dias atuais, abriga o Centro de Memória do Museu do Ouro. O local dispõe de uma biblioteca especializada e um arquivo histórico concentrando assim rico acervo sobre o Ciclo do Ouro no Brasil. Chamado Casa de Borba Gato , soube de sua existência por meio dos funcionários da Biblioteca Pública Municipal enquanto indagava sobre os recursos culturais da cidade. O espaço é integrado ao Ibram/MinC e está vinculado ao Museu do Ouro de Sabará . É uma bonita construção em barro e madeira e apesar do nome, ao que tudo indica, Borba Gato (bandeirante paulista que explorou ouro na região), nunca morou nesta casa. No que se refere a biblioteca, conforme dados publicados no site do Instituto Brasileiro de Museus "... possui 4.972 títulos registrados, entre os quais se encontram obras referentes a formação do Estado de Minas Gerais e do Brasil, arquitetura, história da arte, incluindo valiosa coleção de obra

ESPAÇOS URBANOS NA AMAZÔNIA: VISÕES GEOGRÁFICAS

Imagem
Quando criei o Caçadores de Bibliotecas , a ideia inicial era apenas realizar comentários sobre lugares visitados como museus e bibliotecas, contudo as coisas tem se ampliado e não posso deixar de registar aspectos tão interessantes que acontecem em minha vida, como por exemplo, a publicação do livro Espaços urbanos na Amazônia: visões geográficas , no qual tive um artigo inserido. Organizado por José Aldemir de Oliveira (meu orientador no Programa de Pós-graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia), o livro consiste numa coletânea de estudos relacionados a Amazônia urbana e sua relação, em grande maioria, com o Núcleo de Estudos e Pesquisas das Cidades da Amazônia Brasileira - NEPECAB. É fruto também do Programa de Apoio a Publicações Científicas (Biblos) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - FAPEAM. No livro estão contidos textos muito interessantes, como por exemplo, o de minha amiga Maria Evany do Nascimento "Memória e patrimônio nos espaços púb

LER PARA CRESCER - CONVIVÊNCIA VOLUNTÁRIOS

Imagem
Foi super positivo o saldo do primeiro encontro de convivência do grupo de voluntários do Instituto Ler para Crescer nesse ano de 2012. Sob a coordenação de Elaine, Tomasso, Merllyk e Nádia as atividades previstas aconteceram de forma variada e harmoniosa e foram bem aceita pelo grupo pois alguns até dormiram na sede do Ler para Crescer e na hora da partida deu pra perceber que já sentiam uma pontinha de saudade. Um momento muito especial desse encontro foi a palestra intitulada a Importância da Comunicação, apresentada pela jornalista Manuela Dantas que apontou uma série de novas informações e dicas sobre os recursos da comunicação e o sucesso organizacional. No último dia, domingo a tarde, houve a participação do músico e poeta Celdo Braga que gerou um momento de mística entre o grupo, nos levando a refletir a questão da leitura do ponto de vista do espaço enquanto caboclos da Amazônia. Aproveito para agradecer o convite feito pela Elaine e dizer que me sinto