COLÓQUIO NA UFPE - LITERATURA, LEITURAS E MEDIAÇÃO


Aconteceu em 11 de maio de 2016, no Auditório Evaldo Coutinho, no Centro de Artes e Comunicação (CAC), o I Colóquio do Laboratório de Investigações Bakhtinianas Relacionadas à Cultura e Informação (Libre-CI), do Departamento de Ciência da Informação (DCI) da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. 


O evento, organizado pelo Professor  Hélio Pajeú, teve por objetivo também apresentar informações sobre o Laboratório de Investigações Bakhtinianas, bem como discutir a linha de pesquisa “Literatura, leitura e mediação”. 


Entre os convidados para o evento estavam o Professor Lourival Pereira Pinto, ele já foi entrevistado nesse blog por seu trabalho que considero Fora de Série!!!

Lourival é coordenador do projeto “Contos no ponto”, integrado ao Programa Mais, que semanalmente promove atividades de mediação de leitura nas instalações do Hospital das Clínicas da UFPE.


Na oportunidade pude conhecer um pouco mais do trabalho que realiza a jovem Bibliotecária Ana Carolina Sobral, que atua na Secretaria de Segurança Urbana do Recife e é responsável pela Biblioteca do Centro Comunitário da Paz Alto Santa Terezinha (COMPAZ). Carolina também faz um trabalho belíssimos em ações de mediação de leitura na Praça do Sebo, em Recife. Ela é inspiradora!


Quanto a mim, falei sobre ações de mediação de leitura realizadas em projetos como Livros infantis: encantando os povos da Amazônia, com o Ler para Crescer na Amazônia, com o Arca das Letras, mas principalmente como o Caçadores de Bibliotecas e por fim falei sobre meus livros infantis Lia sempre lia e Leo e seus amigos, os livrinhos


O momento mais bonito aconteceu com a apresentação de Daiane Rebelo, aluna do 8º período do curso de Biblioteconomia da UFPE, idealizadora do  projeto “Livres-se: recite um poema e ganhe um livro”, que desde 2014 vem atuando como mecanismo de incentivo à leitura em espaços públicos. Minha amizade com Daiane nasceu em Manaus, quando fui sua professora. Ela me chamou a atenção por sua curiosidade e disponibilidade para aprender. 


Depois das apresentações foram abertas as possibilidades de perguntas e por fim, o que deveria ser um sorteio de livros acabou por se transformar em uma escolha aleatória. Escolhi uma aluna que estava sentada a minha frente, mas escolhi também o professor Lourival Pereira que parecia trazer estampado na testa o desejo de ganhar o livro de Manuel Bandeira...



Encerro esse post agradecendo o Professor Hélio Pajeú, bem como Daiane Rebelo pelo convite e deixando expressa a satisfação que senti diante da possibilidade de vivenciar esse momento acadêmico que foi para mim a expressão de novos olhares para a Biblioteconomia. Estão todos de parabéns!!!

Fotos: Jimmy Marcone
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário