MOVIMENTO ABRE BIBLIOTECA RIO


Com prazer escrevo para divulgar o nascimento de mais uma luta por bibliotecas no Brasil. Dessa vez, uma mobilização iniciada por colegas bibliotecários do Estado do Rio de Janeiro que objetivam conter as medidas impostas pelo governo às Bibliotecas-Parque, da rede estadual.

O problema surgiu a partir das medidas relacionadas à contenção de despesas organizadas pelo governo do Estado que trouxe diminuição no quadro de dias e horários dos serviços das Bibliotecas da Rocinha, Manguinhos, Niterói e Biblioteca Estadual no Centro.

As perdas são grandes. As bibliotecas que antes funcionavam de terça a domingo, das 10 às 20 horas, passaram funcionar de terça a sexta das 12 às 18: 30 horas. Perdas principalmente para a classe trabalhadora que no horário comercial não dispõe de tempo para usufruir desses benefícios.




O Abre Biblioteca Rio é um movimento autônomo e apartidário que se propõe a reivindicar a abertura e melhoria das condições das bibliotecas públicas localizadas no RJ.


As medidas não serão aceitas e essa injustiça vai promover uma ação linda. A luta por cultura e por serviços de bibliotecas. 

Nós, bibliotecários e todos aqueles que entendem a importância desses espaços para o crescimento e fortalecimento do país vamos contribuir com muito barulho nas redes sociais para o fortalecimento dessa luta.  


Inspirado no Movimento Abre Biblioteca ocorrido em Manaus em 2012, esse novo movimento tem tudo para trazer muita gente boa para lutar por essa causa. O primeiro momento ocorrerá no dia 29/05/2015 às 15 horas. A ideia é a realização de um Ato contra os cortes na cultura, especialmente nas bibliotecas-parque. As reivindicações são as seguintes: 
1) Não só que o antigo horário de atendimento (de 10h às 20h) seja retomado, como seja ampliado, passando a Biblioteca a funcionar de 08h às 21h;
2) Que a Biblioteca volte a abrir nos finais de semana em horário integral;
3) Que seja realizado o quanto antes concurso público para o preenchimento dos cargos, principalmente de bibliotecários e auxiliares de biblioteca;
4) Que sejam revogados todos os cortes no setor cultural do estado.

Parabéns aos bibliotecários e sociedade civil em geral que estão na luta por essa causa que é prá lá de justa.

Todos nós podemos ajudar! Eu já encomendei minha camiseta e me comprometo a ajudar no que for possível e para tal acabo de assinar a Petição Pública que luta pelos cortes financeiros nas bibliotecas-parque. Assine você também. 

Aonde acontecerá o ATO? Em frente a Biblioteca Parque Estadual - Av. Presidente Vargas, 1261 - Centro/RJ.



Mais informações sobre o Movimento Abre Biblioteca Rio acesse: http://www.abrebibliotecarj.com.br/
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário