ASSIS HORTA: RETRATOS - EXPOSIÇÃO PALÁCIO DAS ARTES


Belíssima a exposição fotográfica Assis Horta: retratos, aberta desde o dia 8 de abril na Galeria Alberto da Veiga Guignard, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte. 


Consiste em 200 retratos criados por Assis Horta entre os anos de 1930 e 1950 em seu estúdio fotográfico em Diamantina.


São muito especiais os registros em 3×4. A disposição do material oferece uma visão da classe trabalhadora que realizou naquele período, fotografias para obter suas Carteiras de Trabalho. 



A exposição tem um astral super interessante. Estão ali contidos também máquinas fotográficas e outros equipamentos vinculados ao ofício fotográfico. Sobre o artista, o site do Palácio das Artes,  destaca que:
Assis foi também um exímio fotógrafo de paisagens históricas mineiras. Como funcionário do antigo Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan), viajou por Minas registrando aspectos curiosos dos principais cartões-postais do estado. Um exemplo é a foto em 360 graus de Diamantina. Ela foi feita em 1954 com uma Rolleiflex, a partir de 10 fotos tomadas lado a lado. Na exposição, será apresentada no formato de 1 x 10 metros.


O ponto alta da exposição é a interatividade. Há uma espécie de instalação que reproduz o estúdio fotográfico de Assis Horta. Há um tapete, uma cadeira de palhinha e um cenário pintando a mão. Há também um cartaz que diz: escolha a sua pose.


Para se brincar com a representação das imagens em formato 3x4, pode-se utilizar pequenas plaquinhas (podem ser escritas a giz), que oferecem a possibilidade da marcar a data de aniversário, como acontecia nas fotos criadas para as carteiras de trabalho, na época.



Camila e eu gostamos muito e nos divertimos posando, seja com a plaquinha ou mesmo utilizando a cadeira ou o fundo do cenário. Para quem gosta de se deixar fotografar, vale a pena se desinibir e aproveitar oportunidade.  




O fotógrafo Assis Horta está com 97 anos. Seu trabalho reflete muito da face do povo, eternizado em momentos individuais, de famílias, bem como de sua cidade, Diamantina e terras de Minas.


Fotos: Soraia Magalhães 
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário