ABRAÇO À BIBLIOTECA PÚBLICA DO AMAZONAS - ANIVERSÁRIO


Inspirados no Movimento Marea Amarilla que acontece na Espanha em prol das bibliotecas públicas, também fizemos em Manaus a nossa parte. Hoje realizamos o ABRAÇO à Biblioteca Pública do Amazonas. A data foi escolhida por marcar o prazo de 60 dias dado pelo poder público para reabertura, que não aconteceu. Coincidiu com a data do meu aniversário que foi marcada por muita emoção e momentos de boas energias.


O abraço foi a nossa maneira de questionar o descumprimento de prazos, bem como o descaso e a falta de responsabilidade dos nossos dirigentes com a cultura informacional. Foi um momento marcante também para os profissionais de biblioteconomia, haviam muitos lá...assim como alguns estudantes...e a sociedade em geral.

Ao completar 45 anos confesso que me sinto feliz por ter muitas coisas boas acontecendo em minha vida. Faço o que amo e isso me impulsiona a seguir bem. Mas hoje, mas do que nos outros dias, meus sonhos de juventude vieram muito a tona.

O movimento ABRE BIBLIOTECA, me fez relembrar meus companheiros de juventude, Astrid Lima, Lúcio Carril, Shirley Abreu Do Nacimento, com os quais vivi um tempo em que os problemas da cidade talvez fossem menores???...naquele tempo lutávamos, sonhávamos e questionávamos muito mais...especialmente os problemas relacionados a educação estudantil.


Hoje, enquanto descia as ruas do centro histórico de Manaus, fiquei pensando e recordando...já não sou mais uma menina, mas ainda tenho os mesmos sonhos. E soltar o grito pelas ruas de Manaus foi como evocar esse tempo!!! O bom é que sempre podemos encontrar outros tantos sonhadores!


Para todos aqueles que estiveram presentes na mobilização, deixo registrada minha gratidão. Cada um ao seu modo (sem saber que era meu aniversário) contribuiu para que a comemoração tivesse um sabor todo especial! 

Muito lindo ter minha filha Camila Magalhães comigo nesse momento!

Veja mais:

Aqui, Aqui, Aqui,

Fotos: Sebastião Alves
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário