PRESENTES BIBLIOTECÁRIOS - KIRUNA - SUÉCIA


Em dezembro de 2014 visitei a Biblioteca Pública de Kiruna, na Lapônia sueca e tive uma das melhores recepções recebidas por colegas bibliotecários desde que comecei o trabalho com o Caçadores de Bibliotecas.


Recebida pela colega Bibliotecária Mari Norberg, jamais pude esquecer toda a atenção que me dedicou por quase duas horas, apresentando espaços, contando sobre projetos, levando pelos ambientes restritos e até para comer um bolo com café, na área reservada aos profissionais que atuam na Biblioteca. Além disso, no dia seguinte nos apresentou o Carro Biblioteca que faz parte do sistema que envolve a região chamada Norrbotten, trabalho que objetiva gerar acesso aos moradores de pequenos povoados com o empréstimos de livros.

Se leu até aqui deve estar pensando como conseguia me comunicar! Felizmente por meio do meu querido Peter Janzon que traduzia e ajudava na comunicação haja vista que não sei falar sueco, tampouco inglês, contudo creio, se fosse diferente, Mari e eu passaríamos horas falando de Biblioteconomia, ações de incentivo à leitura e muito mais pois ela é apaixonada pelo seu trabalho e por sua Biblioteca.


Por que estou escrevendo sobre Kiruna nesse momento? Por que recebi através dos correios suecos dois envelopes que traziam bem mais que presentes enviados por Mari, traziam expressivos gestos de carinho e eu por meio dessas linhas e imagens gostaria muito de poder retribuir a alegria que me proporcionou.



Mari dedicou seu tempo escrevendo, separando com atenção coisas que eu poderia gostar, como por exemplo uma matéria publicada em uma revista que destacava a iniciativa das amigas Susanne e Karin com a criação de uma biblioteca em uma lavanderia...


Outro presente encantador foi um pequeno porta guardanapos em formato dos chifres de alces. Esses animais são bem característicos da região e por conseguinte sempre farão lembrar da querida Kiruna.


Mari me presenteou também com um livro de poesias com texto em sueco e inglês. Se chama The Town Staden escrito por Kerstin Bergström que destaca a cidade de Kiruna, seus encantos, natureza, monumentos.


Mandou também marcadores de páginas de livros, cartões postais (escritos a mão), enfim tantas coisas. O que dizer diante de tanto carinho? Que você Mari, realmente me emocionou! Foi incrível desde o momento em que recebi os envelopes e ao abrir e deixar saltar cada expressão do afeto dedicado.

Ao escrever esse texto, pedi ao Peter que traduzisse em seu idioma minhas palavras de gratidão e sei que não poderão alcançar todo o meu sentimento, contudo de qualquer forma te digo MUITO OBRIGADA!!!!

Kära Mari, jag vill bara säga Dig att jag är mycket glad och rörd över all Din vänlighet ! Jag kommer aldrig att glömma. 


P.S É a segunda vez que Mari me envia cartões postais, marca páginas de livros e outros presentes. Ela mandou para meu endereço no Brasil, mas infelizmente jamais chegaram ao destino. Que feio heim, CORREIOS DO BRASIL!


Fotos: Peter Janzon
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário