BIBLIOTECA PROVINCIAL DE HUELVA - ESPANHA


É com prazer que apresento mais uma das bibliotecas que compõe a Red de Bibliotecas Públicas de Andalucía, na Espanha. Dentre estas, comentei em outras oportunidades sobre às Bibliotecas de Almería e Cadiz e dessa vez segue informações e imagens da Biblioteca Provincial de Huelva.

Huelva é uma cidade tranquila, com população de cerca de 150 mil habitantes. A cidade evoca com muito orgulho sua relação com os descobrimentos da América em 1492.


Na Biblioteca Provincial de Huelva, logo na porta de entrada, o visitante pode se surpreender com a presença de um personagem com roupa, capa e pose de super herói. Trata-se de Biblios, figura que além de atrair a atenção por sua forma física, vem despertando o interesse sobre as vantagens do gosto pelos livros e à leitura. 


Apesar da aparente jovialidade, a Biblioteca Provincial de Huelva tem mais de 150 anos de existência. O edifício aonde está instalado foi construído em finais dos anos 60 e inaugurado em 1970.


O espaço físico da Biblioteca é amplo. Possui uma área com total de 3.192 m 2, distribuídos por cinco andares. O edifício  já passou por reformas e foi inaugurado na versão atual em 21 de fevereiro de 2001.


Em termos gerais a Biblioteca proporciona uma série de serviços que vão do acesso ao espaço físico para a realização de estudos e pesquisas, uso de Internet, ações culturais, como por exemplo clubes de leitura (que é um sucesso), empréstimos de livros impressos e virtuais, bem como de filmes em DVD, CDs de música e outros.


No dia em que realizei a visita, pude constatar que a área reservada para o uso de computadores estava totalmente ocupada, ao mesmo passo que área para a leitura de jornais também dispunha de bom número de usuários.


A área reservada para o público infanto-juvenil (até 14 anos de idade) é bem ampla e possui espaços diferenciados para os pequeninos, bem como para um público mais adolescente. Não havia nenhum usuário neste dia, contudo era possível perceber vitalidade por meio das folhas de desenhos (coladas na parede) mostrando o resultado da realização de atividades com as crianças no ambiente. 


Me chamou bastante a atenção uma ação solidária que estava ocorrendo na Biblioteca de Huelva. Ação ocorrida em colaboração com a Asociación Almacén Solidario, objetivava arrecadar alimentos no intuito de: 
Promover la solidaridad de los ciudadanos, ayudando a las personas a sobrellevar mejor la crisis; Luchar contra la situación de pobreza y exclusión social de Huelva; Ofrecer a las personas de la ciudad que más lo necesiten un servicio de almacén alimenticio solidario que les permita tener un ahorro importante en su maltrecha economía familiar;
Motivar a un voluntariado social que haga posible, cada uno con los recursos que disponga, poner en marcha estos objetivos (en principio 1 kg de alimentos al mes y su tiempo libre al servicio de los demás).
Uma grande faixa exibia nas proximidades da área de entrada dados sobre a campanha e as possibilidades de quitar possíveis multas por meio da doação de um 1 kg de alimentos. 


O local aonde os alimentos estavam sendo acondicionados era um carrinho de super mercado. A regra para quitar as dívidas em atraso ocorriam da seguinte forma: até 15 dias em atraso o usuário poderia levar 1 kg de alimentos, mas se o tempo fosse maior que 15 dias, deveria doar 3 kg de de alimentos não perecíveis. 



Gostei muito da Biblioteca Provincial de Huelva. Os funcionários da Biblioteca e também os usuários pareciam integrados ao ambiente. Por conta do período de verão, o horário da Biblioteca estava reduzido, abrindo das 09:00 às 14:00 horas.


Não pude deixar de valorizar e aproveito para destacar o bonito trabalho realizado pelos Hermanos Macias e o Ministério da Cultura da Junta de Andaluzia responsáveis pelo êxito do personagem Biblos que está em seu terceiro volume Byblos, biblioteca super-herói. (creio que é Biblos com a letra i, há sites que apontam com a letra y).

Que graça! Um super herói em quadrinhos que ensina sobre livros e bibliotecas!

Agradeço a atenção dispensadas por todos os profissionais das seções por onde passei na Biblioteca de Huelva, em especial à Bibliotecária Raquel Roman Garcia. À visita a essa Biblioteca serviu para ampliar ainda mais as impressões positivas que já possuía das Bibliotecas de Andalucía e o bom é que ainda tenho coisas para contar sobre a Biblioteca Provincial de Sevilha, que também gostei muito!


Fotos: Soraia Magalhães
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário