FLEN BIBLIOTEK - BIBLIOTECAS NA SUÉCIA


Nos últimos tempos tenho me dedicado muito mais a escrever sobre os problemas relacionados  a reabertura da Biblioteca Pública do Amazonas, do que sobre bibliotecas ou museus visitados em tantas cidades.


Contudo, decidi ampliar o número de informações sobre bibliotecas pelo mundo, contando sobre a Biblioteca de Flen, na Suécia que funciona num ambiente encantador e ao contrário da Biblioteca Pública do Amazonas é acessível e oferece muitos serviços.


Flen é uma bonita e pacata cidade sueca, com cerca de 7.000 habitantes que ocupa área total de 826 quilômetros quadrados, dos quais 114 km ² são de água.

Em agosto de 2012 tive a oportunidade de visitá-la e pude conhecer além da biblioteca pública, belos lagos, igrejas centenárias e pequenos povoados, como Mellösa, que se destaca por ser uma cidade livro (Book-town), sobre Mellösa, farei uma postagem especial, mais adiante.


Cheguei de trem numa manhã de verão, quando a cidade ainda acordava e logo segui para conhecer a biblioteca.


O edifício é amplo, bem destacado e ocupa posição privilegiada na área central da cidade. No interior, mobiliário, recantos e espaços para público infanto-juvenil e adulto. O destaque também é voltado para o acervo muito bem conservado formado por livros de diferentes seguimentos e estilos,  áudio livros, CDs e filmes.


É válido atentar para um detalhe que é tão comum às bibliotecas suecas: a atenção com a iluminação dos ambientes e por isso a utilização de luminárias e cores para definir a decoração.


A visita a Flen e a Biblioteca foi guiada pelo amigo Per-Gunnar Ling que foi de uma dedicação incrível, mostrando tudo que poderia ser interessante. 


Houve um momento lindo quando ele próprio encontrou um livro muito usado pelas crianças na sua infância...pela imagem abaixo não dá para perceber a ternura que esse livro provocou???


São essas emoções que uma biblioteca e seus livros podem causar em nossa vidas. Senti que aquele instante foi marcado como um momento feliz...

P.S 1 Agradeço ao Gran Chefe Per-Gunnar por toda a atenção dispensada e em especial a experiência na caçada aos cogumelos. Jamais esquecerei!

P.S 2 Observem...eu estava com a camisa do Movimento ABRE BIBLIOTECA!

Fotos: Peter Janzon
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário