DEPUTADO JOSÉ RICARDO COBRA REABERTURA DA BIBLIOTECA PÚBLICA DO AMAZONAS

Deputado José Ricardo e o apoio ao Movimento Abre Biblioteca no dia do abraço.

A informação abaixo foi extraída do mural do Facebook do Deputado José Ricardo Wendling e trouxe um pouco de alento para nós do Movimento ABRE BIBLIOTECA, que esperamos há alguns dias um posicionamento da Secretaria de Cultura do Estado do Amazonas. 

Alento por sentir que não estamos sós na esperança de ver a Biblioteca reaberta ainda nesse ano de 2012... 

Contudo, é preciso lembrar que seis meses já se passaram desde que iniciamos as primeiras reivindicações pela reabertura da Biblioteca e até o momento o edifício continua com suas portas fechadas. O que é preciso fazer para reverter esse quadro? 


................
Texto extraído do Facebook


O deputado José Ricardo cobrou nesta quinta-feira (1) que o Governo do Estado reabra a Biblioteca Pública, localizada no Centro da cidade. Ele está apoiando o movimento “Abre Biblioteca Amazonas” e lembrou que a data de conclusão das obras estava agendada para o último dia 30 de outubro pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), o que parece não ter sido cumprido, uma vez que nesta data ainda havia tapumes em torno do local.

Em agosto deste ano, durante mobilização feita pela sociedade civil cobrando a reabertura desse importante espaço de leitura, a Seinfra garantiu a finalização das obras de reparos no final de outubro. “Estamos apoiando a iniciativa da sociedade e consideramos lamentável que os cidadãos da cidade e os nossos estudantes estejam há tanto tempo (cinco anos) sem uma biblioteca pública. O Brasil já tem baixo índice de leitura. Precisamos incentivar e investir em novas bibliotecas”, declarou o deputado.

E o parlamentar complementou: “não sei se mudaram novamente essa data de entrega, mas no dia 30 tiramos fotos do local e continua tudo do mesmo jeito. Por isso, apelo aos secretários de Cultura, de Educação, de Infraestrutura e ao próprio governador: abram a biblioteca e a coloquem para funcionar. O povo cobra e precisa desse espaço de leitura”.

Fonte: Assessoria de Comunicação.
Via José Ricardo Wendling

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário