KOLLEKTIVET: MORADORES DE UM EDIFÍCIO EM ESTOCOLMO E A OPÇÃO PELA COLETIVIDADE


Vivi mais uma rica experiência em minha passagem pela Suécia. Tive a oportunidade de conhecer o que eles chamam de Kollektivet, ou seja, uma maneira de viver em que os moradores de um edifício compartilham um pouco do seu tempo, seus talentos culinários, trabalhos comuns, recursos para compra de alimentos e...livros e cultura.


Por que optei por apresentar esse dado em um blog que trata de bibliotecas? Primeiramente por que a proposta pode ser comparada com a ideia de uma biblioteca onde espaço e acervos podem ser compartilhados, contudo a proposta vai além já que envolve a alimentação de todo o grupo e por conseguinte, recursos econômicos e regras que fazem com que o empreendimento se torne viável e satisfatório para todos. 


A experiência está consolidada e já atingiu o marco de 20 anos. Cada morador vive em seu próprio apartamento, porém compartilha um espaço comum que envolve uma área onde está instalada uma cozinha muito bem equipada, com espaço para mesas e cadeiras. É como um pequeno restaurante que oferece um balcão para exposição dos pratos que são servidos e muito mais.


Até boa parte da minha estada neste lugar, apenas apreciava a ideia pelo ambiente de aconchego, pela boa comida e a expressão de amistosidade entre os grupos. Contudo, em dado momento, ao sugerir que eles criassem uma pequena biblioteca...a grande surpresa. Eles já possuíam. Na verdade, um espaço para troca de livros, ou uma espécie de clube do livro.


Como não registrar algo tão interessante? A experiência é realmente significativa e vale a pena ser compartilhada, pois é muito bom poder constatar algo que está dando certo com pessoas que cumprem sua parte em prol da cooperação e do bem estar de todos. Eu adorei. Na imagem acima Åke, nosso anfitrião mostrava o espaço reservado para a leitura...


O ambiente era festivo. Ao que parece,, esse é o ingrediente das sextas-feiras. Agradeço a Åke e Mette, sua esposa pelo convite. Foi um momento muito especial.  


Fotos: Peter Janzon
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário