PAÇO DA LIBERDADE - PREFEITURA DE MANAUS


Já está aberto o Paço da Liberdade, também conhecido como Paço Municipal, edifício localizado em uma das áreas mais antigas da cidade de Manaus, junto à Praça D. Pedro II. Chama a atenção, entre outras coisas, sua fachada em estilo neoclássico.


O espaço foi reaberto em dezembro de 2013, mas esteve fechado por sete anos para reforma. Reinaugurado no último dia de mandato do ex-prefeito Amazonino Mendes, em 30 de dezembro de 2012, teve que ser novamente fechado por apresentar problemas nas obras de restauração. 


Reaberto com as obras finalizadas, o edifício surpreende pela beleza.  Sua construção iniciada em 1874, corresponde a um espaço de memória do período provincial do estado. Foi  também sede da Prefeitura Municipal de Manaus por muitos anos.


Visitei o Paço Municipal com minha mãezinha Iolanda Pereira e as sobrinhas Laila e Jéssica. O dia era chuvoso, mas foi surpreendente para todas nós percorrer os salões do edifício, conhecer as obras em exposição e apreciar a vista privilegiada para o Rio Negro que o mirante do edifício proporciona. Neste dia inclusive, havia um navio de cruzeiros ancorado no porto.



O ambiente funciona como um museu e dispõe de uma área reservada para tratar sobre a arqueologia amazônica. Nesta sala foi criada uma estrutura que exibe no piso escavações e urnas funerárias, bem como fragmentos arqueológicos encontrados durante o processo de restauro na área do Paço da Liberdade e seu entorno .


A ideia é gerar visibilidade, pois o piso em vidro sobre uma área escavada, cercada por iluminação especial oferece as condições para que se possa ver também a galeria que sustenta a habitação.


Bonito é o Salão Nobre que abriga acervo fotográfico com a imagem facial dos Prefeitos de Manaus. A madeira do piso, as molduradas nas paredes e no teto, fazem do local um espaço de destaque. Há um escudo no teto com símbolo da prefeitura de Manaus. 



Além da visita as áreas físicas do edifício, é possível desfrutar também de duas salas com exposições de artes visuais.  É que desde o dia 19 de dezembro, foi iniciada a exposição permanente intitulada A Coleção Thiago de Mello.



Thiago de Mello doou cerca de 30 obras oriundas de presentes que recebeu de artistas (amigos seus) da América Latina e Europa, incluindo trabalhos de Roger Bru (Chile), Juan Miró (Catalúnia), Rubens Gershmam (Rio de Janeiro), Rita Loureiro, Bernadete Andrade e Manduka (Amazonas).


A atitude do poeta Thiago de Mello é louvável, pois abre a oportunidade para que os amazonenses possam usufruir de acesso a obras de relevantes artistas, propiciando ao Paço as condições para que inicie mostras e atividades culturais que consolidem o espaço efetivamente como ambiente cultural da cidade de Manaus. 


Além da Sala Thiago de Mello, há ainda a exposição Pedra Fundamental da Pinacoteca Municipal, com obras de 64 artistas amazonenses, incluindo nomes como Sebastião Alves, Jair Jackmont, Cristóvão Coutinho, Sérgio Cardoso, Bráulio Menezes, Manausmacaco e outros. Minha mãe se encantou com a obra A cadela de Eliberto Barroncas.



Mamãe e as sobrinhas Jéssica e Laila aproveitaram o ensejo para realizar várias fotos posando com as obras dos artistas amazonenses, era possível perceber que elas se divertiram.  




Não poderia deixar de destaca a satisfação em ver nesta exposição as obras do querido amigo Sebastião Alves. Consistem em duas telas da série Xamã que eu já conhecia da sua exposição “O homem das estrelas”, que foi apresentada no Museu Amazônico em 2012. 


Aproveito esse post para apontar que me sinto satisfeita por ver as obras de restauração do Mercado Adolpho Lisboa e do Paço Municipal concluídas. Parabenizo a atual gestão da Prefeitura de Manaus. Peço porém atenção especial para o edifício da Biblioteca Pública Municipal João Bosco Pantoja Evangelista...Por favor Arthur, conclua as obras em 2014, essa Biblioteca fechou em 2011...


Quanto a visita ao Paço...Saímos da experiência satisfeitas. Com certeza o Paço da Liberdade tem tudo para encantar  o cidadão manauara e turistas de todos os lugares... Agradeço a atenção dispensada pela jovem estudante de Turismo Monique Hitotuzi Nunes que nos atendeu com muita gentileza. 


Fotos: Soraia Magalhães e Monique Hitotuzi Nunes
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

3 comentários

Clique aqui para comentários
Obrigado pelo seu comentário