BIBLIOTECA NACIONAL DA FINLÂNDIA - HELSINKI


A Biblioteca Nacional da Finlândia foi em seus primórdios a Biblioteca da Universidade de Helsinki. Seu edifício, localizado bem pertinho da catedral da cidade, atualmente está passando por reformas e na visita realizada em agosto de 2015, pouco pudemos conhecer, contudo compartilho o que nos foi apresentado das áreas que permanecem em atividades.


Em sua página da Internet é possível obter a seguinte informação:
A Biblioteca Nacional da Finlândia é a maior e mais antiga biblioteca acadêmica da Finlândia, bem como o maior instituto independente na Universidade de Helsínqui. Ela é responsável pela recolha, descrição, preservação e acessibilidade do patrimônio nacional impresso da Finlândia e as coleções exclusivas sob o seu cuidado.
É uma Biblioteca com grande caráter público, todo cidadão que viva na Finlândia pode ter acesso ao espaço, devendo para tal se cadastrar e ser portador de uma carteira de identificação (cartão Helka). É possível, inclusive, dependendo da especificidade do material, realizar empréstimos domiciliar.



Kansalliskirjasto. É assim que se escreve Biblioteca Nacional em finlandês. Na Finlândia também é possível ver elementos escritos em sueco tendo em vista que no país as duas línguas são utilizadas. 


É uma Biblioteca com forte traço acadêmico que possui coleções em todas as áreas do conhecimento, com enfoque para História e estudos sobre Russo e o Leste Europeu, entre outros. 


Durante a visita percorremos entre outras, a sala aonde estão reunidos acervos sobre música, inclusive muito sobre o mega referenciado compositor finlandês Jean Sibelius, ao qual a cidade prestava homenagens por seu centenário.

Não o conhecia, mas buscamos mais informações, inclusive visitando o monumento fora da área central da cidade.  Sibelius  ocupa efetivamente uma posição grande na cultura do país.  


A visita foi muito rápida e as informações foram repassadas em sueco para Peter. Ao longo do processo, percorremos os espaços e fotografamos o que foi possível. Mas deu para ter uma ideia do local,  que se apresenta com amplos espaços, muitos acervos, mobiliários e equipamentos. 








Ao longo da minha trajetória, tenho construído uma pequena coleção com cartões de biblioteca (eu geralmente peço e na maioria das vezes ganho de presente). Na Biblioteca Nacional de Helsinki, mesmo explicando a finalidade não foi possível obter um cartão Helka! Mas na Biblioteca da Universidade (que utiliza o mesmo sistema) tive êxito e posso me orgulhar de tê-lo como recordação da passagem por essas terras. 


Visitamos a Biblioteca Nacional da Finlândia no horário da manhã (por volta das 9 e 30) já haviam alguns usuários realizando estudos e consultas. 



Eu tinha o desejo de conhecer o grande salão de leitura, a Rotunda. O espaço mais bonito dessa Biblioteca, mas em vista da reforma não foi possível. Pensei também poder ver algo dos espaços, abaixo do edifício, uma espécia de galeria subterrânea escavada na rocha aonde estão guardados grande parte do acervo. Não deu!


Contudo, foi uma boa experiência e agradecemos a atenção do Bibliotecário Henrik Ginman que nos possibilitou um percorrido por algumas áreas de acesso. 

P.S A Biblioteca Nacional está localizada muito próximo ao fantástico edifício da Universidade de Helsinki, que impressiona pela beleza, modernidade, grandiosidade. Contarei sobre o local no próximo post. 


Fotos: Soraia Magalhães e Peter Janzon
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário