BRAGANÇA, PARÁ - ARCA DAS LETRAS - PARTE II


Conforme apresentado no post anterior, visitei o município de Bragança, no Pará a trabalho pelo Programa de Bibliotecas Rurais Arca das Letras, onde, entre outras coisas fizemos algumas visitas às comunidades rurais que receberam bibliotecas arca.


A ideia era fazer o monitoramento das atividades no intuito de observar como vem sendo realizadas as ações em prol das práticas leitoras desde a implantação das bibliotecas arca. Especialmente na Comunidade Bom Jesus ficamos contente com os resultados alcançados. 


Em maio de 2013, a Prefeitura de Bragança implantou 50 bibliotecas arca em 50 comunidades rurais do município em ação realizada em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA, por meio do Programa de Bibliotecas Rurais Arca das Letras. 


Essa visita me trouxe particular satisfação haja vista ter conhecido o trabalho realizado pela Agente de Leitura Eulália de Paula, da comunidade Bom Jesus desde janeiro de 2014, quando nos encontramos em Recife durante o III Congresso Nacional da Juventude Camponesa, onde ela apresentou um belo relato sobre o trabalho desenvolvido em sua comunidade e região.


Ver de perto o seu trabalho foi muito especial. Quando chegamos à Escola Estadual Prof. Fernando Sobral, local em que a biblioteca arca está instalada, encontramos bem mais livros do que haviam sido enviados pelo Programa. A biblioteca já cresceu, assim como chama a atenção toda a arrumação carinhosa e colorida preparada para instigar ainda mais o gosto por esse cantinho de leitura...


Eulália também ampliou o número de agentes de leitura que atuam com ela no controle do acervo e incentivo à leitura e conforme pude perceber, as meninas parecem gostar muito desse cantinho, haviam várias lendo. Uma graça. 


É sempre prazeroso encontrar situações como essas. E por isso me animei e pedi a Eulália para juntar a turma para que pudêssemos falar um pouco sobre a importância da leitura e aproveitei para apresentar Lia sempre lia...






Foi muito legal. A meninada gostou, eu gostei., Eulália gostou e todos ficamos contentes. Ao final juntamos a turma para uma foto para marcar esse momento.


Nos próximos meses já está prevista a implantação de mais 50 bibliotecas arca para outras comunidades do município. Aproveito o ensejo para parabenizar a todos os envolvidos pelo feito e em especial a Coordenação Municipal da Juventude que criou uma série de estratégias dentre as quais o Festival Circulo da Leitura que deverá marcar de forma ainda mais significativa as ações de incentivo à leitura no município. Bragança está de parabéns. 

Fotos Soraia Magalhães
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário