MOVIMENTO ABRE BIBLIOTECA E OS AMIGOS DO INSTITUTO LER PARA CRESCER



Nesse mês de agosto, faz um ano que conheci os amigos que compõe o Instituto Ler para Crescer, que há quase sete anos vem atuando de forma a estimular a leitura em áreas carentes do Amazonas, oferecendo a articulação, na criação de bibliotecas-brinquedotecas, onde a tônica do direito à brincar e se informar são levadas, muito a sério.

Costumo dizer que a criação de bibliotecas comunitárias (que é que o que o Instituto vem fazendo), ocorre quando o poder público negligencia sua atenção para os serviço informacionais tão necessários quanto  postos de saúde e outros serviços básicos. É a comunidade, muitas vezes sob a ação daqueles mais sonhadores que tem buscado saídas para  minimizar os problemas de acesso a informação.

Infelizmente, ainda existem muitas cidades sem bibliotecas públicas no Brasil e no Amazonas, a situação é grave e só não é pior em vista da ação de poucos idealistas que se aventuram com recursos mínimos, muitas vezes tirados do próprio bolso para oferecer mediação de leitura para aqueles que nada tem. Se no centro da cidade de Manaus não temos a Biblioteca Pública há cinco anos, o que dizer das áreas carentes e mais distantes...

Ontem foi o aniversário do amigo Tommaso Lombardi e a comemoração foi na sede do Ler para Crescer. Os encontros desse grupo de voluntários, são regados a momentos de alegria, boas conversas e boas comidas. Todos os amigos apoiam o movimento ABRE BIBLIOTECA, por compreender que são as bibliotecas públicas que deveriam ser a força motriz para apoiar iniciativas como as que o Instituto vem levando a trancos e barrancos.











Neste próximo sábado, dia 04 de agosto, meus amigos do Ler para Crescer estarão comigo no evento BIBLIOTECA NA RUA...o primeiro de muitos que faremos para que Manaus volte a ter novamente sua Biblioteca Pública do Amazonas reaberta. 

...É a nossa luta para nossa Manaus com mais acesso a informação e cultura!!!
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário