HANINGE KULTURHUS BIBLIOTEK - BIBLIOTECA PÚBLICA DE HANINGE - SUÉCIA


As bibliotecas públicas na Suécia, são espaços obrigatórios nas cidades do país, mesmo nas pequenas localidades, os cidadãos dispõe da integração de bons ambientes e serviços.

Após uma série de visitas que tenho realizado, aponto hoje a Biblioteca de Haninge como a que considerei até o momento, a biblioteca dos meus sonhos!


Haninge é uma pequena cidade, localizado a 20 quilômetros ao sul de Estocolmo, que possui paisagem natural belíssima, com lago e vida urbana tranquila. A biblioteca pública está concentrada na praça principal da cidade, sendo facilmente visível sua integração com o espaço, com o meio ambiente e com toda a estrutura que envolve os elementos culturais que uma cidade deve possuir.


Cercada por vegetação, a arquitetura foi pensada de forma a favorecer o contato visual com o meio ambiente. Funciona num enorme edifício que concentra, além do espaço da biblioteca pública, também auditório, teatro, café num ambiente amplo e muito bem decorado.

Creio que o visitante, desde a entrada, se sente acolhido ou com curiosidade motivada sobre o espaço. O local, é claro, alegre, espaçoso, movimentando e vibrante e assim como em outras bibliotecas suecas, possui um acervo amplo formado por jornais, revistas e livros, em diversos idiomas e ainda cds, dvds que podem ser emprestados para uso domiciliar.


Próximo ao balção de informações, uma pilha de livros (que foram retirados do sistema para serem desbastados) chama a atenção pela altura, discretamente presos a uma barra de metal, formam uma escultura de livros muito bonita!

Para as crianças, possui rico acervo com livros também em vários idiomas. O espaço é lúdico e oferece a oportunidade para brincadeiras e a possibilidade de conviver num ambiente aconchegante e que tende a estimular a imaginação e o gosto pela leitura.


Mas o que enche realmente os olhos é a disposição do acervo nas estantes. Muitos livros, dos mais diferentes assuntos, em ótimas encadernações colorem o ambiente muito bem iluminado, já que o espaço possui paredes envidraçadas que destacam o verde das árvores do lado de fora.




Fiquei imaginando o quando deve ficar bonito, no inverno com a neve! Ou como poderia ser bela uma biblioteca assim, numa cidade amazônica.


Na parte superior do edifício, estão localizadas as salas de estudos, bem como os computadores com acesso a internet. A Biblioteca dispõe de mesas para uso individual e em grupos e oferece boas condições para quem precisa aprender novos idiomas.


Como vivem no país muito imigrantes, vários mecanismos são pensados para dar oportunidades de acesso a informação para estes, principalmente no que diz respeito ao aprendizado da língua sueca. Por isso todas as bibliotecas dispõem de cds e cd-rom e livros que auxiliam o aprendizado do idioma e às práticas da leitura. Há inclusive, livros falados para aqueles que têm dificuldade de ler livros impressos convencionais.


Fui muito bem recebida na Biblioteca de Haninge por Katarina Runquist Bonilla (bibliotecária) e Elena Vargas (assistente), que juntas, apresentaram todos os espaços, comentando sobre os serviços pensados, visando atrair sempre mais usuários.



Para ambas, o modo de fazê-lo é disponibilizar acesso a tecnologia e para tal, o uso dos computadores com acesso a internet, são os mecanismos que atraem mais usuários. De acordo com Katarina, "Quando o usuário entra na biblioteca, mesmo que não seja em busca de livros, sempre um título, uma revista, um jornal, podem chamar a atenção e tem a possibilidade de despertar seu interesse". 


A integração dos diversos espaços, biblioteca, café, teatro, área para exposição e outras artes, fazem a diferença em Haninge. Ponto mais que positivo a concentração da cultura na praça principal, numa posição privilegiada. Por esse motivo, essa é a minha Biblioteca favorita!

Agradeço imensamente à Elena Vargas e Katarina Bonilla pela atenção dispensada!


Fotos: Peter Janzon
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário