PONTO DE LEITURA OLIDO - SÃO PAULO - 2010


Em maio de 2010, estive em São Paulo, onde, entre outras coisas, participei como ouvinte do I Seminário de Biblioteconomia e Ciência da Informação (I SBCI), evento gratuito que oferecia a oportunidade de prestigiar palestras de vários bibliotecários de peso. A viagem tinha por objetivo também,  um encontro com minha filha Camila para comemorar o seu aniversário de vinte anos.


Tanto o evento, quanto o encontro com Camila foram especiais. Durante um final de semana usufruímos muito da cidade, como por exemplo, no dia em que passeando pelo centro, encontramos a Galeria Olido - lugar que reúne diversos espaços culturais e dentre estes, o Centro de Memória do Circo

Mas ali, o que nos chamou atenção foi o Ponto de Leitura Olido, espaço que oferecia ambiente para realização de leitura local e empréstimo domiciliar. Dispunha de acervo formado inicialmente por 2000 itens, conforme destacava o fôlder da época. Ofereciam também programação cultural que envolvia oficinas e atividades de incentivo à leitura. 


Buscando mais dados sobre os Pontos de Leitura, no site da Prefeitura de São Paulo, encontrei essa informação que justifica a  implantação desses espaços na cidade: 
O projeto Pontos de Leitura, desenvolvido pela Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas da Secretaria Municipal de Cultura em parceria com as Subprefeituras, surgiu em 2006 para suprir as necessidades de leitura e informação em regiões desprovidas de equipamentos culturais, como alternativa à construção de bibliotecas públicas. Embora o Sistema Municipal de Bibliotecas conte com 107 bibliotecas distribuídas pela cidade, essas são insuficientes para atender uma metrópole como São Paulo. 
No dia em que fizemos à visita, usuários (a maioria do sexo masculino) liam jornais e livros. Na oportunidade cumprimentei colegas de profissão e até posamos para a foto (que abre esse post).



São Paulo, 2010 - Uma viagem memorável. Camila e eu usufruímos muito da cultura dessa metrópole, haja vista que visitamos bibliotecas e museus, fomos ao teatro e ao Parque Ibirapuera e como nos tempos em que ela era criança, estávamos juntas e brincando como mãe e filha. Valeu!!!

Agradeço a Bibliotecária Isabel pela atenção!

Fotos: Soraia Magalhães
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário