BIBLIOTECA BRITÂNICA - BRITISH LIBRARY - LONDRES


A Biblioteca Britânica - Biblioteca Nacional do Reino Unido -  British Library é considerada uma das maiores do mundo com um acervo de cerca de 150 milhões de itens e incríveis raridades, como por exemplo manuscritos de Shakespeare e Jane Austen, desenhos de Leonardo da Vinci, rascunhos de músicas dos Beatles entre tantos outros.


Chama a atenção em sua área externa, uma grande escultura em bronze com a representação de Isaac Newton (por Eduardo Paolozzi), criada para ilustrar como o conhecimento contribuiu para a transformação da visão do mundo e da ciência. 


Possui um pátio amplo que se parece com o pátio de um ambiente universitário. Do ponto de vista da arquitetura, como em muitas das construções que vi em Londres, também o edifício da Biblioteca tem a cor de tijolo avermelhado. É bonito!




O hall de entrada é amplo e impressionante. Logo oferece uma visão dos andares do edifício. No centro há um balcão de informações e na lateral uma loja para venda de souvenirs. Há uma escultura em formato de livro que pode gerar inúmeras interpretações pois apresenta um livro aberto, porém acorrentado com uma bola de ferro. O significado é mais ou menos que a informação que está contida no livro, não pode fugir. 


Ainda na área térrea que eles chamam de a Sala dos Tesouros da British Library se pode apreciar gratuitamente raridades imensuráveis como a Carta Magna (documento muito importante para os Ingleses), cadernos de Leonardo da Vinci e entre outros, livros, mapas, partituras de personalidades das letras, da música, da política e história. 


Em meio ao local, a Biblioteca dispõe de uma torre de vidro onde estão contidos 65 mil volumes impressos, juntamente com outros panfletos, manuscritos e mapas recolhidos pelo Rei George III. Por isso. o espaço é chamado de a Biblioteca do Rei e compõe o conjunto da obra como ambiente de guarda e memória. 


A torre acompanha os demais andares e se apresenta como elemento  decorativo, pois creio, esses livros são pouco acessíveis para consulta.  



No site da Biblioteca Britânica os interessados podem obter um número considerável de informações. A cada ano, seis milhões de buscas são geradas pelo seu catálogo online e mais de 100 milhões de itens são fornecidos aos leitores de todo o mundo. (Fonte: Wikipedia)


O ambiente aonde estão contidos os livros desta Biblioteca não são muito visíveis, tampouco acessíveis, fator muito comum em bibliotecas que tem a responsabilidade pela guarda de toda a produção bibliográfica de um país. Qualquer pessoa porém, que queria realizar estudos e pesquisas e que disponha de um endereço permanente pode se inscrever como usuário. É preciso dispor do endereço para fins de segurança.


A imagem acima é de uma das salas da área de humanidades. Infelizmente não pude acessar nenhuma das salas de estudos, quase não vi os livros (eles estão bem escondidos), tampouco consegui conversar com algum bibliotecário, mesmo tendo uma inglesa como interprete (Diana), que conheci no Hall de entrada e foi muito solícita em ajudar. 
 

Soube que a Biblioteca Britânica tem capacidade para receber até mil e duzentos leitores. O espaço é grande. Contudo não pude ver muito e não era permitido fazer fotos, apenas no hall de entrada. Para ilustrar esse post deixo a imagem dessa gentil senhora que faz parte dos Amigos da Biblioteca (infelizmente não anotei seu nome), ela tem noventa anos e se orgulha de ser a mais velha das voluntárias. 



...E aproveito para agradecer a atenção de Diana que auxiliou no que pode com tradução do português para o inglês entre os funcionários da Biblioteca. Agradeço pela imagem onde posamos juntas com seu amigo no banco do livro acorrentado. Pena que a imagem ficou escurecida.

Fotos: Soraia Magalhães e Diana
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário