BIBLIOTECA MUNICIPAL JOÃO BOSCO PANTOJA EVANGELISTA SERÁ REVITALIZADA!!!


Satisfação,  palavra que pode muito bem ser empregada para descrever o resultado da reunião que participamos ontem, Evany Nascimento e eu com a Diretora-Presidente da Fundação Municipal de Cultura e Turismo, Inês Daou e a Diretora Cultural Socorro Andrade para discutir o futuro da Biblioteca Pública Municipal João Bosco Pantoja Evangelista.

Sabendo das inúmeras providências que vem sendo tomadas em prol das melhorias na cidade pelo Prefeito Arthur Virgílio Neto, não poderíamos deixar de buscar apoio para a causa das bibliotecas públicas e na oportunidade, ficamos absolutamente contentes com a receptividade e o desejo de fazer das atuais gestoras do segmento de cultura e turismo da cidade de Manaus.  

Durante a conversa, apontarmos o valor que uma biblioteca pública possui e sua potencialidade no âmbito turístico especialmente quando está equipada com computadores com acesso a internet, acervo de jornais, revistas, bons livros e quando desenvolve em suas dependências atividades culturais que envolvem a comunidade em prol de oficinas, saraus, lançamentos de livros e tantas coisas mais.

De tudo que expus até agora, devo dizer que o mais importante foi percebermos que a equipe do Prefeito Arthur Neto, está buscando acertar e tem por objetivo oferecer acesso a informação a população moradora de Manaus, criando inclusive mais duas outras bibliotecas públicas setoriais em áreas mais afastadas do centro histórico.


Ao sair da reunião, quis passar em frente ao prédio da Biblioteca Municipal e aproveitei para fazer a foto acima. Confesso que fiquei lá olhando e sonhando com seu funcionamento indo muito além das suas dependências.

De acordo com Inês Daou, o prédio da Biblioteca Municipal passará por uma reforma (que não será longa)  e será reaberto com um ambiente agradável e propício às práticas de incentivo a leitura e com ações culturais, quem sabe até com atendimento voltado para os usuários no horário noturno...

A Biblioteca João Bosco Pantoja Evangelista foi criada pela lei nº 971 de 02 de janeiro de 1967 e pelo decreto nº 27 de 12 março de 1975. Atualmente está vinculada a Fundação Municipal de Cultura e Turismo e faz parte do Sistema Nacional de Bibliotecas.

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário