MEMORIAL MADEIRA MAMORÉ - PORTO VELHO


Escrevo de Porto Velho - Rondônia. Cheguei a cidade em um domingo por volta das 14:30 horas, fator que me levou a perder a oportunidade de visitar uma série de espaços culturais  que terão que ficar para uma outra oportunidade.  


Mas nem tudo esteve perdido nessa breve passagem pela cidade pois pude conhecer juntamente com minha irmã Iara Magalhães e depois com Katty Anne Nunes e Luã Silva Mendonça, o Memorial Madeira Mamoré que é um importante espaço histórico e cultura da cidade.


Consiste num museu a céu aberto que apresenta traços da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, que entre os anos de 1912 a 1972, ligou as cidades de Porto Velho e Guajará-Mirim, na Selva Amazônica. Sua construção foi realizada a custa de muitas perdas humanas, fator que fez com que ficasse também conhecida por Ferrovia do Diabo.


O local é bastante arborizado e abriga o Prédio das Oficinas e o Armazém de Carga e Descarga, onde hoje ficam em exposição peças museológicas restritas a Estação de Porto velho, onde eram vendidas as passagens e ocorriam o embarque e desembarque de passageiros. 


Como museu a céu aberto podemos ter uma boa ideia de como deve ser sido o lugar no período em que as instalações ferroviárias estavam em plena atividade, contudo o local funciona hoje como um grande parque onde se pode também deitar na grama, ler um livro, correr com as crianças em meio as locomotivas e trilhos e se emocionar com a bela vista para o Rio Madeira!


A foto acima (com os amigos Katty Nunes e Sebastião Alves), foi feita durante um segundo momento passado em Porto Velho, quando paramos por algumas horas para esperar o horário de voo para Manaus. Não perdemos a oportunidade de tentar ver por dentro  o Prédio das Oficinas e o Armazém de Carga e Descarga e os materiais museológicos ali guardados. O lugar estava fechado, mas solicitamos da administração a gentileza de nos permitir conhecer o espaço e deu certo. Ficamos satisfeitos  por termos tentado e pelo êxito obtido. 

Fotos: Soraia Magalhães
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário