HUMAITÁ: BIBLIOTECA MUNICIPAL FERREIRA DE CASTRO


O município de Humaitá foi fundado em 1890 e, de acordo com registros históricos, a cidade começou a se formalizar quando o comerciante Francisco Monteiro se estabeleceu na região em 1869. Para homenageá-lo a Biblioteca abriga um quadro com sua imagem, porém, o grande festejado da Casa é Ferreira de Castro, o autor da obra A Selva.


O escritor português ainda menino veio para o Brasil e durante quatro anos viveu em um seringal junto ao rio Madeira. Numa das salas do edifício da Biblioteca, existe o Memorial Ferreira de Castro que destaca imagens e informações sobre sua vida e obra.


Visitei o espaço da Biblioteca por duas vezes, a primeira com Katty Anne Nunes, Sebastião Alves e Iara Magalhães, quando fomos muito bem recebidos por Meire Lobato, responsável pelo local no horário matutino.


No primeiro momento, era de manhã cedo, por volta das 8 horas e havia apenas um usuário, o menino Bruno Clemente, de 13 anos que disse vir sempre ler gibis, fazer pesquisas escolares e navegar na internet. No segundo dia de visita, fomos Katty Anne e eu e pudemos constatar que havia um número maior de usuários.


Oficialmente se chama Biblioteca Municipal Ferreira de Castro e funciona em um prédio histórico no centro de Humaitá, em horário estendido das 7:30 às 21 horas, fator que pode causar inveja naqueles que não dispõe de acesso a biblioteca pública no horário noturno...como Manaus, por exemplo que há anos não dispõe de sua Biblioteca Pública Estadual, fechada para reforma...


A Biblioteca Municipal de Humaitá possui acervo diversificado, composto por obras antigas (talvez raras) e livros de diferentes áreas do conhecimento, com ênfase para livros infanto-juvenis e literatura nacional e estrangeira.


O espaço interno do salão geral é claro, arejado, amplo. Possui mobiliário construído em madeira. As peças são atraentes, especialmente as estantes que possuem portas envidraçadas para conservação do acervo contra a poeira. No porão, funciona um telecentro com cerca de 20 computadores com acesso a Internet.


Em termos de serviços, a Biblioteca oferece leitura local e empréstimo domiciliar, porém existe o desejo de se começar a oferecer hora do conto para as crianças. Duas bibliotecárias da UFAM de Humaitá, estão oferecendo treinamento visando capacitar responsáveis por bibliotecas em decorrência da falta de bibliotecários.


Quando realizo visita a uma cidade busco informações com a população local para tentar compreender sob a popularidade da Biblioteca  e em Humaitá, um motorista de moto táxi, não sabia onde estava localizada.

Aproveitei para alertar aos Secretários sobre a necessidade do município, aderir ao Cadastro Nacional de Bibliotecas Públicas. Alertei também para a necessidade de uma nova pintura na placa de identificação no prédio que estava bastante apagada. 


A cidade de Humaitá possui um centro histórico muito interessante. No local prosperaram muitos seringalistas que deixaram registros de sua presença em vários edifícios. O município está localizado ao sul do Estado do Amazonas, a 770 km de Manaus e a 200 km de Porto Velho por via terrestre.

Fotos:  Sebastião Alves
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

3 comentários

Clique aqui para comentários
Obrigado pelo seu comentário