DUOLINGO: ESTUDE INGLÊS DE GRAÇA/LEARN ENGLISH FOR FREE


A maioria das informações postadas nesse blog referem-se a dados obtidos por meio de visitas a ambientes físicos sejam bibliotecas, museus ou outros espaços culturais, contudo dessa vez apresento algo diferente: informações sobre o Duolingo, mecanismo online de estudo de línguas.  

Foi por meio meio de um vídeo que assisti do Presidente Obama falando com os criadores de Duolingo que soube da existência do site e por curiosidade e desejo de aprender, comecei a praticar. O produto é realmente interessante e não é atoa que nos dias atuais possui cerca de 120 milhões de usuários cadastrados em diferentes partes do mundo, estudando entre outras línguas inglês, espanhol ou francês.

A verdade é que optei por escrever essas linhas no intuito de instigar outras pessoas a também buscarem o aprendizado gratuito de línguas pela Internet. No Brasil, o custo alto das escolas de idiomas e o baixo incentivo das escolas das redes públicas não favorecem a grande maioria, que seguem sem incentivos para esse aprendizado. Sobre a metodologia utilizada, o site da Wikipedia destaca que: 
O método Duolingo é caracterizado por suas lições fragmentadas, pelas quais os usuários, pelo método mnemônico de repetição, fixam o conteúdo da língua estudada. As lições têm foco na escrita e no ditado, com menos ênfase na fala. Conforme o progresso do usuário, progride-se em uma árvore de habilidades que leva o estudante progressivamente ao fim do curso, enquanto oferece constantemente a opção de voltar atrás para repetir o estudo de palavras e estruturas antigas que poderiam ser esquecidas. A estrutura autodidata interativa do método, semelhante a um jogo on-line, cativou estudantes do mundo inteiro.
Há anos tenho tentado avançar sobre o estudo da língua inglesa e sempre acabo desanimando, contudo percebi que pela primeira vez estou obtendo avanços, por isso recomendo! O domínio da língua inglesa auxiliará em meus trabalhos em termos de leituras de autores não traduzidos, bem como viagens e busca por bibliotecas em várias cidades do mundo e o mais importante de tudo: em minha autoestima. 

Ilustração: Duolingo

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário