UNIVERSIDADE NILTON LINS - BIBLIOTECA ADERSON DUTRA - MANAUS


A Universidade Nilton Lins tem presença marcante no estado do Amazonas. Tendo atuado inicialmente como faculdade, em maio de 2011 foi credenciada como universidade, passando a adotar o título de Universidade, conforme Portaria N. 575, de 13 de maio de 2011, publicada no DOU de 16 de maio de 2011.


Com uma gama de cursos em atividades, atende as áreas de Ciências Humanas e Sociais, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Biológicas e Saúde, Ciências Sociais Aplicadas, Engenharias e Licenciaturas. 


Com apenas 23 anos, na época em que foi credenciada, o Jornal A Crítica publicou sobre o feito: 
De acordo com a publicação no DOU (página 17 seção 1, edição 92), a Universidade terá que cumprir algumas metas durante seu primeiro prazo de credenciamento. Entre elas, manter os programas de mestrado e doutorado atualmente em funcionamento; ampliar a oferta da pós-graduação stricto sensu por meio de mais um curso de mestrado; fortalecer grupos de pesquisas cadastrados no CNPq e favorecer a inclusão de docentes pesquisadores vinculados a agências de fomento. Consta ainda na portaria que caberá a Secretaria de Educação Superior do Ministério de Educação a verificação do cumprimento metas na realização de avaliação externa para fins de recredenciamento da Universidade.


Em prol dos implementos, a Biblioteca Anderson Dutra, que possui amplo espaço físico (com dois pavimentos) e acervo voltado para prestar atendimento aos alunos dos cursos de graduação e pós-graduação, deveria ser vista como um dos mais importantes organismos da Instituição.  


A biblioteca recebe usuários de segunda à sábado e funciona das 8:00 até 21:30 horas, contudo nos dias atuais o espaço é gerido por apenas dois bibliotecários que desenvolvem atividades com o apoio de seis auxiliares.  


As instalações físicas da Biblioteca são privilegiadas. Possui ambiente climatizado, alguns computadores com acesso a Internet e acervo formado por livros impressos, periódicos científicos e jornais diários. 


Em julho de 2013, em uma rápida visita à Manaus, tive a oportunidade de realizar nova visita a essa Biblioteca. Passado mais de um ano, optei por deixar esse pequeno relato do momento em que pude rever colegas bibliotecários e também o ambiente que havia conhecido em 1997.

.
De 1997 guardei nas lembranças a visão de uma biblioteca mais bonita e bem equipada do que nos dias atuais. Era o sonho de trabalho de muitos bibliotecários.


Do momento mais recente, guardei o agradável encontro com os colegas Danilo Cunha, Nádia Vieira, Rafael Almeida e Washington Souza, que por sinal não mais desenvolvem atividades profissionais na Instituição. Fica porém esse registro. A todos, deixo forte abraço.

Fotos: Phellipe Magalhães  
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário