PARQUE CIDADE DA CRIANÇA EM MANAUS


Numa passagem rápida por Manaus, não pude deixar de observar algumas bibliotecas. Tendo encontrado a amiga Ana Karina Parr, que partirá em breve para a Austrália, aproveitamos com sua pequena Alícia para juntas, visitar o Parque  Cidade da Criança e por conseguinte, a biblioteca. 


O Parque foi construído onde outrora funcionou o antigo Horto Municipal, na avenida André Araújo, bairro Aleixo, numa área de 19.637,00m². Possui uma estrutura temática com muitas cores, em meio ao verde natural da vegetação que faz com que o espaço se torne atraente e encantador para as crianças.


Foram construídos para o local, praça de alimentação e espaços destinados à biblioteca, cinema, brinquedoteca, labirinto, trilhas ecológicas e outros. A estrutura cênica é de uma pequena cidade com praça, igreja, casinhas...com áreas para interação e jogos.


O Parque foi inaugurado em dezembro de 2011 e para a obra foi disponibilizado orçamento de R$ 5,2 milhões, naquele período foi questionada a derrubada de árvores na área em favor da construção de toda a estrutura...


Um elemento poderia ter sido melhor pensado neste Parque, a ideia de privilegiar a cultura indígena local, com características próprias amazônicas, contudo os planejadores optaram por criar um forte apache, valorizando os índios americanos. O mais triste é que ninguém questiona esse disparate!


Apesar disso, o Parque é uma opção de lazer para quem mora em Manaus e também para aqueles que visitam a cidade.


É a segunda vez que visito o Parque Cidade da Criança. A primeira vez foi em janeiro de 2012, na época estava recém inaugurado e vários espaços estavam em processo de estruturação. Meu objetivo era ver a biblioteca e naquele momento minhas impressões não foram as melhores...


Neste segundo momento não poderei me omitir de apontar problemas em relação a biblioteca. Um espaço relativamente bom, com mesas e cadeiras adequadas ao público infantil, contudo com acervo insignificante e paredes vazias, sem decoração, sem frases de incentivo à leitura, sem desenhos...sem graça.


De positivo, foi bom encontrar grupos de escolas visitando a estrutura do Parque e o espaço da biblioteca. Para atender às crianças, um grupo de palhaços realizam diversas atividades tanto na biblioteca, quanto na área externa em um pequeno anfiteatro.


Quando visitei o Parque, por sorte era quarta-feira, dia em que a bibliotecária Rosângela da Costa Nascimento realiza atividades...Nos outros dias da semana, não existe a presença do profissional bibliotecário...Veja meus comentários sobre o espaço na próxima postagem...


Estão comigo na imagem acima a colega bibliotecária Rosângela e os palhaços que realizam atividades no Parque Cidade da Criança de terça a domingo.

Fotos: Soraia Magalhães
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

3 comentários

Clique aqui para comentários
Obrigado pelo seu comentário