BIBLIOTECA GUY-CHRISTIAN COLLET - SBE

Há alguns dias recebi um email muito legal da Bibliotecária Irene Butti, uma das responsáveis pela Biblioteca Guy-Christian Collet - SBE.

Seu email trazia informações sobre essa interessante biblioteca, que acaba de passar por um processo de reestruturação e precisa ser divulgada.

Como não fui ao local e não havia meios de fazê-lo, pedi a Irene que ela mesma elaborasse um texto para divulgarmos. E aqui está. Mais uma biblioteca para tomarmos conhecimento e usufruirmos de seus serviços.

Agradeço a contribuição de Irene e desde já aproveito para fazer o convite para que outros colegas mandem também seus textos falando de suas bibliotecas para que possamos conhecê-las e divulgá-las.

...............................................................................................................................

BIBLIOTECA GUY-CHRISTIAN COLLET - SBE, por Irene Butti:



A Biblioteca da Sociedade Brasileira de Espeleologia – SBE, sediada em Campinas, Estado de São Paulo, leva o nome do arqueólogo Guy-Christian Collet.

Criada há muitos anos, estava sem condições técnicas e de infra estrutura para atender a comunidade interessada. Contudo, foi com o patrocínio da Votorantim Cimentos – Departamento do Meio Ambiente, que foi iniciado em outubro de 2011, sua revitalização, modernização e informatização.

É uma Biblioteca especializada em cavernas (Espeleologia – Estudo das cavernas) com ênfase nas áreas de arqueologia, antropologia, paleontologia, bioespeleologia, ecologia, ecoturismo, biologia entre outros.

Atualmente a biblioteca possui um acervo com aproximadamente 1.500 monografias distribuídos entre livros, teses, trabalhos impressos e digitais, 3.000 mapas, 1000 fotografias e cerca de 3.000 títulos de periódicos nacionais e internacionais. O acervo bibliográfico está alinhado com o Cadastro Nacional de Cavernas, que possui catalogados mais de 5.000 cavernas no Brasil.

A coleção bibliográfica vem sendo enriquecida ao longo dos anos por meio de parcerias e intercâmbio de materiais realizados em nível nacional e internacional. As imagens abaixo dão uma visão do quanto a Biblioteca da Sociedade Brasileira de Espeleologia precisava de ajustes e investimentos.

Costumo dizer que o trabalho bibliotecário é muitas vezes, um trabalho "de bastidores". Quando tudo fica pronto, as pessoas não tem noção do quanto fizemos. Nosso trabalho passa pela parte técnica, obviamente, mas também por fases de remanejamento de acervo, limpeza, carregamento de caixas, etc, etc, etc e etc...





Todo o projeto está dividido em 3 fases: acervo bibliográfico, acervo iconográfico e acervo histórico – memória institucional  de Guy-Christian Collet, que após o seu falecimento, a família doou o acervo para custódia.

 
A Biblioteca oferece empréstimos local, mas algumas pesquisas (artigos digitais) podem ser enviadas para os interessados. Funciona de 2ª.a 6ª feira das 9 às 16 horas. Possui uma equipe de 4 bibliotecárias (eu e + 3) e um programador de sistema.

Para saber mais informações, acesse o site da Sociedade Brasileira de Espeleologia.



                                                                                                                                                                      Irene Butti é  Bibliotecária e Consultora em Gestão  
e Documentos Corporativos  e Conhecimentos.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Clique aqui para comentários
Obrigado pelo seu comentário