IDEIAS EMERGENTES EM BIBLIOTECONOMIA: O LIVRO


Em setembro de 2015, o Bibliotecário Jorge do Prado me enviou um e-mail fazendo um convite com o seguinte argumento: 
Você já parou para refletir sobre todas estas ideias que são apresentadas via mídias sociais e que com o tempo poderão se perder porque não temos mais como recuperar? Quantas inspirações já não tivemos provenientes de discussões em grupos nestes espaços? Quantos colegas que nos presenteiam com reflexões interessantíssimas e que acabam se limitando em determinado círculo de amigos? Pensando nisso, estou convidando alguns bibliotecários que são destaque em alguma área para escrever um pequeno capítulo para o e-book: "Ideias emergentes em Biblioteconomia:".
O convite foi aceito! E ontem, o livro foi apresentado ao público com a seguinte distribuição de temas: Formação, Atuação, Atitude e Tecnologia. 

Minha contribuição está contida no artigo "Dias de luta: ativismo bibliotecário e o caso do Movimento Abre Biblioteca", criado por sugestão do próprio Jorge do Prado, ao qual aproveito para agradecer mais uma vez o convite.

A proposta me instigou a contar sobre as ações de luta que criamos na cidade de Manaus, em 2012, em prol da Biblioteca Pública Estadual do Amazonas, bem como reflete também sobre a necessidade  de se pensar a formação e atuação política da categoria bibliotecária. 

O livro tem artigos de vários bibliotecários que admiro e temas muito instigantes, além de um elemento super bacana: está disponível gratuitamente para download


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário