MUSEU SOUMAYA - (ANTIGO EDIFÍCIO) - CIDADE DO MÉXICO


Volto a comentar algo sobre a Cidade do México e o motivo foi ter tido um texto publicado na Revista Tam nas Nuvens (ed. jan/2012), seção Ponto de Partida. Para valorizar esse feito, comento sobre um dos museus mais bonito que visitei naquela cidade.

Havia ficado bastante impressionada com o Museu Soumaya. Localizado na Praça Loreto, que agregava além de funções museológicas, um bonito shopping em 2010.


O verbo está no passado não apenas por que faz mais de um ano que estive no local, mas por que todo o acervo foi transferido para uma nova sede e numa estrutura tão surpreendente quanto as obras contidas em seu interior. Se naquela época deixei o local com olhos e mente impressionados, deduzo o quão especial deve ser uma visita ao espaço atual que por si já traduz arte em sua essência.

Localizado no bairro de San Ángel, o museu havia sido aberto a público em 1994 num prédio histórico adquirido pelo Grupo Carso de Carlos Slim (um dos homens mais ricos do mundo). Comportava uma enorme quantidade de obras primas, como a estátua o "Pensador" de Rodin.



Soumaya era o nome da esposa do idealizador do Museu. Na época pude vislumbrar um valioso acervo com obras de artistas famosos como Salvador Dali, Pablo Picasso, Leonardo da Vinci, Joan Miró, Vincent Van Gogh, Henri Matisse, Claude Monet e tantos outros.


Visitei o Museu a tarde e na área interna não era possível fazer fotos. Voltei a noite para assistir a uma performance teatral sobre Rodin, assim pude fazer as fotos noturnas aqui expostas.


Deixo apenas para causar espanto uma foto do prédio atual para que possamos ter uma ideia do quão deve ser importante esse museu para a Cidade do México.


Imagem do edifício do Soumaya atual disponível em: http://www.dreamstime.com
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário