1ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE LEITURA, LITERATURA, LIVROS E BIBLIOTECAS


Entre os dias 16 e 17 de setembro, aconteceu em Belo Horizonte a 1ª Conferência Municipal de Leitura, Literatura, Livro e Bibliotecas, organizada para submeter à apreciação e à deliberação do público,  proposta de texto para o Plano Municipal de Leitura, Literatura, Livro e Bibliotecas, previamente elaborada por representantes do poder público e da sociedade civil.

A experiência foi muito boa e o objetivo desse post é, não só fazer um registro do momento, mas parabenizar a organização do evento, bem como as pessoas que deram seu tempo para pensar medidas que visam melhorias para a cidade de Belo Horizonte, no campo da área em questão.


As imagens aqui contidas mostram alguns momentos dos dois dias do evento que contou na abertura com o espetáculo Contos de Lá nos Cantos de Cá, com Aline Cantia, Chicó do Céu e Aurora Majnoni. Gostei muito!!!


No primeiro dia, teve também as falas de personalidades ligadas a cultura local, bem como a palestra "Os desafios da participação democrática na construção das políticas públicas" da professora Eleonora Schettini Martins Cunha. Boa!!!

O evento, aconteceu no Centro de Referência da Juventude, onde atualmente a Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte está inserida. Foi um encontro de construção, debates e lutas.


No intervalo do dia 17, além dos grupos de discussão e posterior votação em plenária, houve momento de interação cultural por meio do Sarau dos Escritores Independentes, com leitura de textos, poemas e performances envolvendo dança e teatro. 

Gostei especialmente do trabalho do escritor Pierre André que também contador de histórias, encantou apresentando a sua Emengarda, uma barata que sonha se casar...


Para mim, foi um dia de aprendizado e com a possibilidade de conhecer o andamento de um trabalho construído de forma coletiva, bem como encontrar profissionais como Josenberg Mendes, Marco Túlio Damascena, Pâmela Machado e Samuel Medina. Oportunidades como essa sempre abrem outras chances e assim pude conhecer o bibliotecário Junio Lourenço.



Fica assim o registro, da 1ª Conferência Municipal de Leitura, Literatura, Livro e Bibliotecas de Belo Horizonte, aonde por dois dias se pensou políticas públicas para a cultura e reuniu público apaixonado que tem buscado contribuir para o fortalecimento desse segmento. 

Fotos: Soraia Magalhães
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário