ESCOLA ESTADUAL BARÃO DO RIO BRANCO - BIBLIOTECA EM MANAUS


A Escola Estadual Barão do Rio Branco foi fundada em 1905 e por muitos anos funcionou como um dos grupos escolares da cidade de Manaus. Seu nome refere-se a uma homenagem prestada a José Maria da Silva Paranhos Júnior, o Barão do Rio Branco. 



Ao longo de suas atividades teve alunos ilustres como Serafim Corrêa e Jeferson Péres. Nos dias atuais oferece ensino fundamental para uma clientela formada por cerca de 600 alunos.



É uma Escola com excelente infra-estrutura e está localizada em um belo e preservado casarão da avenida Joaquim Nabuco que dispõe de salas climatizadas, refeitório, laboratório de informática e áreas destinadas as práticas de leitura.


Quando visitei pela primeira vez a Escola perguntei se havia algum profissional bibliotecário, me afirmaram que sim. Voltei num outro dia e descobri que era uma educadora com formação em Pedagogia.

Ok, sabemos que a maioria das escolas ainda não possuem em seus quadros bibliotecários e que as atividades realizadas nas bibliotecas escolares são efetivadas por professores readaptados, contudo não é pertinente que esses profissionais sejam chamados de bibliotecários.


O cartaz acima apontava a importância da leitura, haviam outros cartazes e informações gerais sobre os números e até um breve histórico da Escola.


Sobre o espaço da biblioteca, o acervo é formado por livros para consulta didática e literatura. Em uma sala menor são realizadas atividades de incentivo à leitura com ações de contação de história que ficam a cargo dos próprios professores. Na imagem abaixo, o exemplo de um apetrecho utilizado para essas atividades.


Muito bom o espaço físico da Escola e principalmente da biblioteca. Creio porém que a criação de serviços e projetos para a dinamização da biblioteca poderia representar um salto qualitativo na vida cultural dos alunos. A Lei nº 12.244 que prevê a universalização das bibliotecas escolares no Brasil repercute como uma perspectiva de mudança...nesse sentido a parceria entre pedagogos e bibliotecários nesse processo poderá fazer toda a diferença!

Fotos: Soraia Magalhães
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

9 comentários

Clique aqui para comentários
carla
admin
21 de outubro de 2011 13:04 ×

minha escola eu estudei desde 6 anos nessa escola uma otima escola tem enformatica,biblioteca,xadres,sala de leitura,briquedoteca,e o alditori varias palestra amo minha escola estudo com a preofessora sandra do 5 ano 2 matutino meu nome e carla tenho 11 anos...

Responder
avatar
22 de outubro de 2011 00:11 ×

Oi Carla, que bonita a sua mensagem, que bom que você adora a sua Escola. É um lugar muito lindo, pois o prédio é maravilhoso!

Espero que você goste também muito de ler e que aproveite sempre que for possível para visitar a sua biblioteca! Um beijo!

Responder
avatar
Bruna Pucu
admin
13 de abril de 2012 18:48 ×

Essa escola esta linda, estudei lá de 1994 a 2000 foi os melhores anos pra mim, fiz grandes amizades, principalmente com os educadores, sinto muita saudade, e vejo que ela esta bem mais estruturada do que na epoca em que estudei...digo que é a melhor escola..amo essa escola!!!

Responder
avatar
Mab
admin
17 de fevereiro de 2013 19:29 ×

Estudei nessa escola aos 13 anos de idade.
Hoje, estou com 75. Façam as contas. Realmente, faz muito tempo. Mas, a saudade
dessa época continuam no meu coração, sobretudo da minha professora Zenaide, de quem guardo lembranças muito carinhosas.
Resido em Goiânia(GO) desde 1993, porém, nasci em Manaus. Obrigado, Soraia.

Responder
avatar
19 de março de 2013 15:59 ×

olá meu nome é Stefane Viana estudei nessa escola no ano de 2003 a 2007. Fui muito feliz estudando nessa escola maravilhosa! Gostaria que me solicitassem a relação de alunos do ano de 2003 da professora Sandra quero muito entrar em contanto com meus amigos. Grata.

Responder
avatar
19 de março de 2013 16:14 ×

Mab, essa foi a mais linda mensagem que recebi no Caçadores de Bibliotecas...me encheu de ternura! Tão bom saber que essas linhas aqui escritas podem evocar belos sentimentos.

Responder
avatar
19 de março de 2013 16:16 ×

Stefane, você deve entrar em contato com a secretaria da escola. Eu não trabalho lá, apenas fiz uma visita que gerou essa postagem. Fico feliz por saber que tantas pessoas tem saudade e que foram felizes estudando nesse lugar...

Responder
avatar
Anônimo
admin
8 de novembro de 2013 21:43 ×

Acabo de ler uma crônica no jornal O Estado de São Paulo, do Milton Hatoum falando sobre esta escola, onde ele estudou na sua infância. Sugiro que você também leia, tenho certeza que vai gostar. É de uma sensibilidade e delicadeza incrível! Pois é, gostei tanto que procurei na internet alguma outra informação sobre a escola e acabei encontrando o teu blog. A matéria foi publicada hoje, 08 de novembro de 2013, e se chama "O progresso que engana". Abraços

Responder
avatar
9 de novembro de 2013 20:45 ×

Obrigada pela informação, já vou agora mesmo procurar "O progresso que engana". Que sensível de sua parte buscar outras informações e depois compartilhar com mais pessoas. Parabéns pela atitude.

Responder
avatar
Obrigado pelo seu comentário