CENTRO DRAGÃO DO MAR DE ARTE E CULTURA - FORTALEZA


Faz quase uma semana que tive a oportunidade de dar uma passadinha em Fortaleza e aproveitar a companhia da Bibliotecária Fabíola Bezerra que me presenteou com a possibilidade de conhecer algo em sua bonita cidade.


E o lugar foi o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC), considerado um dos maiores espaços de cultura do Brasil.


O espaço dispõe de 30 mil metros quadrados de área distribuídos entre os seguintes espaços: Museu da Cultura Cearense, Museu de Arte Contemporânea, Teatro Dragão do Mar, salas de cinema, Anfiteatro, Auditório e Planetário...possui área para grandes shows que são realizados na Praça Verde com capacidade para receber mais de quatro mil pessoas. A amplidão do espaço impressiona.


Por que o lugar se chama Dragão do Mar? Por prestar uma homenagem a um pescador, personagem da história do Ceará chamado Chico da Matilde. Ele ficou conhecido por sua ação abolicionista quando se recusou-se a transportar escravos para serem vendidos em outras partes do país.


Durante a passagem pelo Dragão, Fabíola e eu pudemos apreciar as exposições "Coleção Itaú Cultural de Fotografia Brasileira" e a exposição “BRASIL, um país, um mundo”, que trata sobre o futebol e a  paixão do torcedor brasileiro por esse esporte. 


A Coleção Itau Cultural de Fotografia Brasileira reúne 56 belas obras do final da década de 1940 até hoje expostas no Museu da Arte Contemporânea (MAC).



Um elemento que não posso deixar de ressaltar foi a constatação de que a Biblioteca Pública Estadual do Ceará "Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel" está localizada bem ao lado deste grande complexo e possui uma área de ligação. Muito boa ideia! Infelizmente a Biblioteca não abre aos domingos...


O Dragão do Mar foi construído na antiga área portuária da cidade e em seu entorno possui antigos casarões que se converteram em bares, restaurantes e lojas de artesanatos. 



Chama a atenção a estrutura do Planetário Rubens de Azevedo que possui capacidade para receber até 80 pessoas, que podem ter uma ideia sobre os astros a partir deste local.


O complexo Centro Dragão do Mar pode ser definido como um espaço destinado ao encontro de pessoas, que permite a interligação entre vivencias voltadas para arte e cultura. Possui um aconchegante café que serve  entre outras coisas, uma deliciosa tapioca...


Não posso deixar de registrar minha gratidão pelo tempo que a Fabíola me dedicou tornando possível boas conversas onde pudemos apontar nossas alegrias, dúvidas e anseios sobre trabalhos desenvolvidos nas redes sociais em prol da Biblioteconomia.


O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura foi inaugurado em 28 de abril de 1999, em poucos dias completará quinze anos. Apesar da beleza e da proporção do espaço, infelizmente já demonstra a necessidade de melhorias em suas instalações.  


Localizado à rua Dragão do Mar, 81 - Praia de Iracema
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário