ICBEU - BELO HORIZONTE, A DECORAÇÃO DA BIBLIOTECA PARA O HALLOWEEN, 2016


Em setembro de 2016, visitei a Biblioteca do Instituto Cultural Brasil Estados Unidos, ICBEU, em Belo Horizonte e naquele momento a Biblioteca apresentava-se decorada para as festividades que aconteceriam em torno do Halloween, ou Dia das Bruxas, em outubro daquele ano. 


Naquele momento, o que me atrai para conhecer o espaço  foi um cartaz do lado de fora do edifício, que apresentava que a biblioteca estava realizando um "Book Fair", uma feira de livros, com material retirados do acervo por processo de desbaste. 


Eu decidi fazer esse post, não apenas para apresentar considerações sobre elementos que podem compor a decoração de bibliotecas nessa tipologia de festividade, mas também para compartilhar esses registros fotográficos de uma biblioteca que já não existe mais nesse espaço.


Trata-se da Biblioteca Thomas Jefferson do Instituto Cultural Brasil Estados Unidos, que pertence ao Instituto Cultural Brasil Estados Unidos (ICBEU-BH), sendo definida como biblioteca especializada em língua inglesa, mas que também funcionava com caráter público. Descobri um blog que apresenta informações sobre o espaço, veja aqui

Na busca por mais informações sobre o ICBEU-BH, localizei também informações por meio de sua rede social Facebook, que apresenta as seguintes informações: 
O Instituto Cultural Brasil Estados Unidos, ICBEU, é uma sociedade civil de caráter cultural e sem fins lucrativos, declarada de utilidade pública municipal, estadual e federal. Fundado em 1949, tem como finalidade o ensino, a difusão e o intercâmbio cultural entre Brasil e Estados Unidos. Em 1969, o ICBEU conquista definitivamente sua sede própria, na Rua da Bahia 1723, próximo a Praça da Liberdade, em um dos pontos nobres de Belo Horizonte. O ICBEU é de fácil acesso, servido pelas principais linhas de ônibus.

De acordo com informações obtidas diretamente com a portaria do prédio, o ICBEU-BH paralizou as atividades durante a pandemia em 2020 e ainda não pode retormar os serviços. 

 

O espaço físico da Biblioteca era amplo e bem distribuido, com estantes que ocupavam as paredes até o teto criando um ambiente mágico, fator que tornava ainda mais especial a decoração em torno do Halloween. 

O bonito também era perceber que haviam elementos de criação e singeleza por trás de alguns dos adereços adotados na decoração da sala, como esse copinho de água com cabelos azuis...


O Halloween é uma festividade que teve origem entre o povo ceuta, mas se tornou uma festa fortemente adotada nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e se expandiu por todo o mundo. 

Um dos elementos interessantes da decoração eram cartazes com personalidades como Bill Gates ou a atriz Hilary Swank, ambos posando com livros visando estimular à leitura. 



Mas do ponto de vista da decoração para o Halloween, observe nas imagens que são utilizados elementos como panos transparentes, caveiras, bruxas, máscaras...


Um elemento interessante dessa festividade é a oportunidade de expor livros do acervo com temas relacionados ao universo fantástico ou de terror...


Para o público infantil, essas ações tendem a gerar curiosidade e pode render inclusive pesquisas escolares sobre as origens da festividade e também sobre livros que retratem personagens sobre bruxas, fantasmas e inclusive, podem gerar reflexões sobre o preconceito com gatos pretos e outros elementos típicos da celebração. 




O que recomendo para os profissionais, sejam da área das bibliotecas ou mesmo professoras e professores é que guardem ao longo do ano, adereços relacionados ao tema, para serem utilizandos quando necessário, eu mesma tenho vários objetos decorativos que retiro da caixa nesse período e que servem para decorar minha casa refletindo as caracteríticas do Dia das Bruxas.


Minha passagem por essa biblioteca aconteceu em dois momentos, registrei apenas um. O bacana foi que acabei comprando alguns livros e tive a oportunidade de realizar esse registro que por hora apresento aqui no blog e também no meu canal do Youtube, ao qual compartilho aqui com vocês. 


Desejo ao  Instituto Cultural Brasil Estados Unidos, ICBEU, em Belo Horizonte que a retomada de suas ações educacionais e culturais sejam retomadas e espero poder conhecer o novo espaço da Biblioteca Thomas Jefferson. 

Fotos: Soraia Magalhães
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CARTAZ DE BIBLIOTECA - DIREITOS DO LEITOR, POR DANIEL PENNAC

Salamanca, algumas bibliotecas em 2021

EU NÃO TENHO O HÁBITO DA LEITURA...