BIBLIOTECA DO CENTRO CULTURAL UNIMED-BH, MINAS

Para dar início aos registros de visitas realizadas pelo blog Caçadores de Bibliotecas em 2022, nada mais maravilhoso, que apresentar uma biblioteca recém inaugurada e aberta a todos os públicos. Trata-se da Biblioteca do Centro Cultural Unimed-BH,  inserida na área cultural do Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte.

O lugar é primoroso e conforme apontou o jornal O Tempo sobre as profissionais responsáveis pela formalização do espaço, 

[...] seu conceito elaborado por Cleide Fernandes, bibliotecária e Gestora Cultural da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas, e Fabíola Farias, profissional de Letras e pós-doutora em Ciência da Informação; e o projeto do espaço físico é assinado pela arquiteta Isabela Vecci.
Em termos estruturais possui um toque moderno, confortável, muito bem iluminado e integrado as novas tendências de bibliotecas, onde mobiliário, cores e acervos buscam surpreender e integrar os visitantes.

A Biblioteca conta com cerca de 6 mil publicações de variadas áreas do conhecimento e deu para perceber, em breve passada de olho, que o ambiente parece uma deliciosa livraria, dessas em que sentimos o desejo de levar para casa vários títulos.

Quase peguei "A menina dos livros", que há muito queria ler, pois um exemplar estava em destaque em uma das mesas baixas, uma menininha, porém pegou primeiro. Trouxe emprestado outro que também fazia parte da lista de desejos: Rita Lee: uma autobiografia, que já estou saboreando.
 
 

Foi significativo poder fazer essa visita juntamente com meu querido Peter Janzon, minha filha Camila e nosso neto Martim, que estava muito levado (como são geralmente as crianças de 2 anos).

Dentre as áreas que mais aprecio em bibliotecas e onde geralmente Peter e eu gostamos de desfrutar, estão os espaços reservados ao público infantil e na Biblioteca do Centro Cultural Unimed, a atenção dedicada aos pequenos se expressa principalmente na belíssima seleção de livros.

O espaço físico da Biblioteca não é grande, mas foi muito bem aproveitado, fazendo excelente uso das estantes junto as paredes e também como separadores de ambientes. As mesas e os assentos são confortáveis,  elemento que instiga o desejo por visitar mais vezes.

Deu gosto de saber que a proposta de criação da Biblioteca foi pensada com o propósito de atender todas as pessoas, independente de ser ou não sócio do Minas Tênis Clube e conforme destacou o Jornal O tempo:
O objetivo do espaço é oferecer um acervo para todas as faixas etárias, inclusive crianças e adolescentes, que encontrarão obras da produção editorial brasileira e uma seleção especial feita para atender à primeira infância (crianças de zero a seis anos). Também estarão disponíveis livros de não-ficção, graphic novels, obras de referência e uma coleção sobre esportes, jornais e revistas. A acessibilidade universal estará incorporada ao espaço, incluindo livros em braille. 
É super fácil se cadastrar na Biblioteca, podendo a partir daí levar para casa emprestado diferentes obras, basta levar um comprovante de residência e documento de identidade. Para menores de idade, há necessidade de autorização de seus responsáveis.

Uma dica para colecionadores de marcadores de páginas de livros...
lá tem esses modelos, que se assemelham aos elementos contidos na decoração da Biblioteca.


Poderia seguir contando outras coisas bacanas observadas na Biblioteca do Centro Cultural Unimed, mas não pretendo me estender, contudo devo destacar que entre os ganhos já referendados, os moradores de BH, além do ponto de vista estrutural da Biblioteca, ganharam a oportunidade de estabelecer contato com valiosos profissionais da área:

A  Bibliotecária Pâmela Bastos, que inclusive participou de uma entrevista nesse blog e o Pedagogo e Bibliotecário Rafael Mussolini, que escreve com propriedade sobre livros e leituras. Creio que ambos farão  belíssimo trabalho de mediação de leitura nesse espaço!

  

É isso, deixo agradecimento à Pâmela e Rafael pelo carinho dispensado, bem como aproveito para dizer que em meio a uma pandemia, o nascimento de uma biblioteca com as características da Biblioteca do Centro Cultural Unimed-BH é um sinal de esperança.

***


Biblioteca do Centro Cultural Unimed-BH: Rua da Bahia, 2.244, CF5. Lourdes.

Dias e Horários: segunda a sexta, das 13h às 18h30.


Fotos: Peter Janzon e Soraia Magalhães


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário