2020


Foi um ano cheio de desafios, o maior deles, sobreviver a um vírus que abalou a estrutura mundial, trazendo dores para milhares de famílias com perdas de vidas, perdas na economia e instigando necessidades de redefinir novas formas de interação. 

Na minha seleção de imagens mais marcantes desse ano, estão principalmente pessoas queridas, também bibliotecas, livros, encontros e até representação do luto que se fez presente em alguns momentos dos 365 dias do ano de 2020. 


As Alegrias:

  • Ter vivido os primeiros três meses de 2020 com meu querido Peter Janzon  quando desfrutamos do lindo carnaval em Belo Horizonte, que parecia deixar pistas de que depois desse tempo teríamos que nos recolher. O carnaval de BH, em 2020 foi uma explosão de alegria;
  • A viagem com Peter por Poços de Caldas, Pouso Alegre, Santa Rita do Sapucaí, Lavras Novas, Ouro Preto, Santa Bárbara, Barão de Cocais, Caraça e Sabará;
  • A oportunidade de novamente estar tão junto aos meus filhos Camila e Phellipe e do meu amado Martim;
  • Encontros com os amigos Pâmela Machado e Samuel Medina e tantos outros, mesmo que por meio digital;
  • A publicação de meu terceiro livro infantil Ai! Sou apenas um livrinho, bem como a parceria com a Casa Tuya, na criação da Coleção TinTim;
  • A visita da querida Ângela Cativo em BH, que teve que experimentar suas "Férias na janela";
  • Publicação do artigo "Minorias linguísticas, documentos biblioteconômicos e a realidade de uma biblioteca pública na Amazônia", na revista Perspectiva em Ciência da Informação;
  • Comemoração dos 10 anos do Blog Caçadores de Bibliotecas; 
  • Comemoração de 10 anos com meu querido Peter Janzon;
  • Comemoração de 20 anos de formação em Biblioteconomia pela UFAM;
  • Comemoração do primeiro aniversário do Martim;
  • Participação em várias lives com amigos queridos;
  • Participação como colunista da Revista Tantas-Folhas com a coluna A biblioteca da cidade;
  • Participação no livro “História afetiva de leitores e bibliotecas em Belo Horizonte”;
  • Participação no Curso "Deixa eu te Contar", promovido em formato digital pela Universidade Estadual do Amazonas - UEA;
  • Leitura do livro Habibi, de Craig Thompson, selecionado como o mais marcante nesse ano;
  • O reencontro com minha família em Manaus, mamãe Iolanda, minhas manas e manos e também amigos como Nildinha, Katty, Fabíola, Ângela;
  • A oportunidade de assistir o show de Guitarrada realizado pelo meu mano Lico;
  • Contribuir na criação da Biblioteca do Professor José Aldemir de Oliveira;
  • Ver por dentro a Biblioteca Pública Municipal João Bosco Pantoja Evangelista;
  • Ter avançado em minha tese.
Há mais, mas vou citar apenas algumas tristezas: 
  • Partida de 5 pessoas queridas motivadas pela Covid-19.
  • Medidas desastrosas do Desgoverno Bolsonaro em todos os setores do país;
  • Aumento das queimadas, da violência contra a mulher, do preconceito, do racismo, das desigualdades e entre outras coisas, da vergonha da imagem do Brasil no âmbito internacional. 

P.S No dia 25 de dezembro perdi minha tia (irmã de minha mãe), no dia 31, minha prima, mortes motivadas pela COVID-19. 

Não é uma gripezinha.

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

3 comentários

Clique aqui para comentários
Pam
admin
12 de janeiro de 2021 16:15 ×

Querida Amiga, quando li esse texto, mais uma vez pensei na potência que você é. Quantas conquistas, escritas,fazeres, encontros e possibilidades em um ano tão difícil. Você não só sobreviveu a 2020, você viveu intensamente e mostrou que não vai se abater. Seja na rua, nas bibliotecas, em casa, nas redes, seu movimento persiste. Você sabe que me orgulho da pessoa que vc é. Me inspiro muito em você quando vejo como consegue colocar seus sonhos no papel e fazer acontecer. Obrigada pela amizade, parceria profissional, por nos receber com tanto amor em sua vida e família. Eu desejo que 2021 tenha muito mais coisas lindas pra sua vida! Que sei blog ganhe novos leitores, que seus livros sejam conhecidos no mundo e você volte a viajar pelas bibliotecas do mundo todo ao lado dos seus amores. Sucesso, amiga. Te amo.

Responder
avatar
Pam
admin
12 de janeiro de 2021 16:16 ×

Adorei me ver aqui nesse texto e nas fotos!

Responder
avatar
13 de janeiro de 2021 23:02 ×

Amiga Pâmela, que gosto me dá sentir todo seu carinho. Você é tudo que disse ai pra mim. És inspiração, aliás, você e Samuca, bora fazer coisas juntos, sou feliz por termos esse sonho.

Responder
avatar
Obrigado pelo seu comentário