MUNICÍPIOS DO AMAZONAS - PESQUISA


A imagem desse post foi extraída do site Mapas para colorir, onde apresenta os territórios do estado do Amazonas, sem definição de nomes.

Consiste numa alusão a forma com que enxergava o Amazonas antes de dar início as pesquisas que compõe meus estudos junto ao Programa de doutorado Formación em la Sociedad del Conocimiento, da Universidade de Salamanca, Espanha.

A pesquisa, que teve início em 2011, atingiu o montante de 31 municípios visitados, seguido do diagnóstico sobre seus equipamentos culturais, em especial as bibliotecas públicas. 

Uma constatação que já posso adiantar é que o Amazonas, não dispõe em todas suas cidades de bibliotecas públicas, tampouco outros equipamentos culturais como museus, teatros, cinemas, espaços para exposições.

Dessa experiência, tenho muito o que contar e por hora, escrevo de Manaus, mas depois seguirei (por segunda vez) aos municípios de Autazes, Urucurituba, São Sebastião do Uatumã, Tefé e Benjamin Constant no intuito de aplicar novos olhares.

A situação das bibliotecas em nosso país é grave e se temos em Manaus, capital do Amazonas grande descaso em termos de bibliotecas públicas, o que pensar dos demais municípios que compõe o estado?

Nesses poucos dias passados em Manaus, visitei a Biblioteca Pública do Estado (que nesse mês de janeiro está abrindo somente até as 14 horas), bem como a Biblioteca Pública Municipal João Bosco Pantoja Evangelista, que continua funcionando em um prédio provisório, desde que teve seu edifício fechado para reforma em 2011 e até os dias atuais as obras jamais foram iniciadas.

Enfim, a luta por bibliotecas públicas continua!

Agradeço a meu querido Peter Janzon pelo estímulo e por seguir comigo por mais essa empreitada.

Ilustração extraída do site Mapas para colorir
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário