BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL DE SABARÁ - MG - BIBLIOTECAS NO BRASIL


Biblioteca, livros e acesso à informação são ideais que tendem a instigar liberdade. Foi isso o que pensei ao visitar a Biblioteca Pública Municipal Professor Joaquim Sepúlveda no município de Sabará, que ao funcionar no antigo prédio da cadeia, ao contrário do passado, abre hoje suas portas para uma função muito nobre.


Criada em 1942, a biblioteca passou por vários outros prédios da cidade, mas ocupa este desde 2009. O local é um grande casarão de dois pisos que na parte superior dispõe de amplo salão de leitura e na parte de baixo sala com acervo de literatura geral, sala de obras de literatura infantil e um espaço destinado ao arquivo histórico da cidade. As grades e as pesadas portas das salas nos levam a imaginar os horrores das prisões...



Com um acervo em torno de 27 mil volumes, recebe de acordo com a bibliotecária Giselia Teresinha Ramalho cerca de 1.500 usuários que realizam uma faixa de 200 empréstimos de livros por mês. A biblioteca possui apenas dois computadores com acesso a internet.





Fui muito bem recebida por Giselia que me contou coisas interessantes que tem acontecido no interior desse espaço, como a visita do escritor Bartolomeu Campos de Queirós em outubro de 2011 durante a abertura da Exposição Literária Itinerante “Apontamentos” que retrata dados de sua vida e obra.


Sabará é uma das cidades mais antigas do estado de Minas Gerais e fiquei muito contente por ver o aproveitamento desse espaço que integra preservação, cultura, memória e acesso à informação.

Fotos: Peter Janzon
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

3 comentários

Clique aqui para comentários
14 de dezembro de 2012 13:02 ×

Que bom que gostou, Soraia! Seja sempre bem-vinda!

Responder
avatar
14 de dezembro de 2012 14:52 ×

Amo Minas, amo Sabará!!!

Grande beijo para todos vocês dessa querida cidade!

Responder
avatar
Anônimo
admin
25 de março de 2014 11:38 ×

Gostaria de saber se nessa biblioteca há o livro Em torno da História do Sabará de Zoroastro Vianna de 1942?

Responder
avatar
Obrigado pelo seu comentário