AIMIRI LEITORES E CONTADORES DE HISTÓRIAS


Esta postagem tem a função de servir de incentivo às pessoas que fazem algo em prol da leitura e do crescimento cultural de outras pessoas e para externar minha gratidão para os amigos que estiveram comigo no ano de 2010 nessa empreitada.

Sempre tive o desejo de trabalhar com ações que mobilizassem as pessoas a gostar de ler e foi por meio da criação do Grupo Aimiri leitores e contadores de história, que tive a oportunidade de interagir em algumas das praças da cidade de Manaus no ano de 2010.

As experiências do grupo foram muito ricas e proveitosas. Vivemos momentos de grande aceitação e também de rejeição, como uma vez em que a mãe de duas crianças no Parque dos Bilhares, disse que preferia que seus filhos ficassem brincando ao invés de ouvindo histórias.


Infelizmente a leitura ainda é vista por alguns como algo que dá pouco prazer, contudo acredito que ações desse tipo podem fazer a diferença. E foi por acreditar nisso que vivi momentos super positivos, especialmente quando após uma leitura ouvíamos tanto das crianças quanto dos adultos o pedido de mais, mais, histórias...


Ao escolher o nome Aimiri (que significa formiguinha em Tupi Guarani) quis caracterizar o trabalho como algo perseverante, de formiga mesmo...e creio que fiz a coisa certa! Então é por isso que estou aqui...para agradecer e dizer especialmente para Phamela e Moara! Obrigada por tudo! Espero que essa experiência tenha servido como prenúncio para tantos outros momentos de ternura em prol da leitura em nossa cidade!!!


Meus agradecimentos também vão para minha irmã Iara, meu filho Phellipe e para Manuella que de forma direta e indireta auxíliaram na realização desses momentos.

Fotos: Giovanna Consentini e Phamela Torres
Ilustração: Priscila Pinto
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário