BIBLIOTECA NACIONAL DO RIO DE JANEIRO


Sempre tive o desejo de visitar a Biblioteca Nacional e em outubro de 2010 surgiu uma oportunidade em decorrência da participação no XVI Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias (SNBU)e II Seminário Internacional de Bibliotecas Digitais-Brasil (SIBD-B) que aconteceu no Rio de Janeiro. Foi um momento muito feliz, especialmente por estar com colegas de profissão tão entusiasmados quanto eu na visita dessa, que é a Biblioteca mais importante do país.

A Biblioteca Nacional, ou Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro é a responsável pelo depósito legal bibliográfico no Brasil sendo considerada pela UNESCO como uma das dez maiores bibliotecas nacionais do mundo e a maior da América Latina.

Está localizada na Cinelândia, área central e efervescente da cidade e encanta não apenas pelo belíssimo prédio alardeado por outros também significativos como Teatro Municipal e o Museu Nacional de Belas Artes. Em seu interior, beleza e bom gosto estão presentes em todos os espaços, seja no mobiliário, na decoração e acervos que instigam o desejo de permanecermos por mais tempo naqueles ambientes de estudo e leitura.

É possível fazer visitas guiadas e percorrer várias dependências do prédio, sejam as salas de leitura ou as áreas de processamento técnico. Tais percursos nos permitem observar o comportamento dos pesquisadores (tão compenetrados) e turistas. Ahhh, é possível ver também, apenas por curiosidade (claro!) a mesa que o poeta Carlos Drummond de Andrade tinha por predileção...se estivesse ocupada por outro usuário, diz a lenda que ele pedia a gentileza de mudar para outro local a fim de que ele pudesse utilizá-la...

A Biblioteca Nacional possui um acervo composto por mais de 9 milhões de obras e entre suas inúmeras preciosidades dispõe de um exemplar da Bíblia de Mogúncia, de 1462.



A visita à Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro foi um dos pontos altos de nossa estada no Rio de Janeiro. Um momento de cultura e informação! Deixo uma imagem dos colegas bibliotecários que estiveram comigo compartilhando esse momento.

Para saber mais acesse Biblioteca Nacional!
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário