BUSÃO CULTURAL, BIBLIOTECA ITINERANTE EM MANAUS


Uma das experiências mais bonitas que vi nascer em termos de incentivo à leitura em Manaus foi o projeto Busão Cultural, viabilizado pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), que em 2019 completou dois anos de atividades.


O Busão Cultural é um ônibus biblioteca, estilizado nas cores amarelo e azul, que desde 2017 circula pelas áreas da cidade de Manaus estampando as seguintes frases de incentivo à leitura: 

"Ler é viajar com os olhos" 

"A leitura engrandece a alma" 

Mas para além do visual lúdico externo, o grande veículo chama atenção pelo conteúdo que transporta: Livros, livros e oportunidades. Ao longo desses dois anos acompanhei por meio de imagens nas redes sociais o tanto de ações realizadas sob a coordenação da Bibliotecária Edilmara Melo. 


E tendo contactado Edilmara, no intuito de buscar informações sobre o projeto soube que,

Foi idealizado pelo antigo presidente do Sinetram, Sr. Carmine Furletti Junior, que juntamente com uma equipe multidisciplinar transformaram um ônibus urbano articulado em uma biblioteca itinerante de acesso aberto ao público, dispondo de um acervo de aproximadamente 5000 títulos. 
O acervo reúne obras para todas as faixas etárias, incluindo livros digitais e em braile, serviço de Wi-Fi gratuito, projeção de filmes e desenhos. Além dessa bagagem cultural, que visa incentivar a leitura dentro das comunidades em Manaus leva atividades lúdicas e educativas.

Mas soube também que Edilmara, já não estava mais a frente da coordenação. Uma grande perda para o projeto, uma perda para a cidade, bem como para a comunidade usuária que utiliza os serviços.


As imagens dizem muito e, nesses casos possibilitam observar momentos de interação de crianças em meio as revistas e livros em ações realizados de forma mediada, carinhosa, humana. Ao longo das programações dirigidas por Edilmara, foram convidados escritores, artistas, mediadores de leituras e dentre os quais contou com a presença da escritora Ana Peixoto e da Bibliotecária Katty Anne Nunes, duas queridas.


Quem me conhece sabe que trabalhei por muitos anos junto a EMTU (Empresa Municipal de Transportes Urbanos), atualmente Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), naqueles anos sempre  manifestei o sonho de ver nascer uma ação assim em nossa cidade e ao saber que seria coordenador por uma bibliotecária passei a valorizar ainda mais a proposta. 

Contudo, com a saída de Edilmara, soube que o projeto continua, mas sob a responsabilidade de quem? Espero que siga realizado de forma séria, contando com profissionais capacitados e com perfil para promover à leitura e o incentivo a cultura pelas áreas da cidade.

....

Adquiri forte admiração pelo trabalho da Edilmara Melo e na verdade ao contactá-la, o objetivo era convidá-la para participar da Seção Bibliotecárias Fora de Série. Já está convidada e espero em breve publicar sua entrevista. 

Fotos: Acervo de Edilmara Melo

Proxima
Esta é a mais nova atual página
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário