BIBLIOTECA NACIONAL DE BRASÍLIA


Começo 2011 escrevendo sobre a Biblioteca Nacional de Brasília (BNB),uma das mais interessantes, modernas e ativas que conheci em 2010.

A Biblioteca Nacional Leonel de Moura Brizola, mais conhecida como Biblioteca Nacional de Brasília (não entendo por que é nacional), está localizada no Complexo Cultural da República e faz parte do conjunto projetado por Oscar Niemeyer, que é composto pela Biblioteca e pelo Museu Nacional.


Dei uma pesquisada e descobri que Brasília esperou mais de quatro décadas para compor essa biblioteca que foi inaugurada inicialmente em 2006 e somente em 2008 aberta efetivamente ao público. Possui cinco andares e 10 mil metros quadrados. É bonita por dentro e por fora, porém não possui uma porta de entrada muito visível.

O bom foi descobrir que ela é, em seu caráter de serviços, uma Biblioteca Pública pois atende a toda tipologia de usuários, sejam crianças, adolescentes, adultos, pesquisadores, enfim, ao público em geral. Recomendo dar uma visitada ao seu site no endereço http://www.bnb.df.gov.br/ para confirmar essa ideia.


Fui bem recebida nessa Biblioteca, onde pude acessar a internet, percorrer os salões de estudo e conversar com os funcionários, fator que me fez perceber que existem muitas atividades culturais e educativas oferecidas à comunidade. O ruim porém, foi ter que fazer uma inscrição para poder utilizar a Internet, mesmo tendo explicado que eu era de outra cidade e que não faria novas consultas, não houve jeito, tive que preencher um formulário, criar uma conta e satisfazer as normas estabelecidas.


Mas ao final, o saldo dessa visita foi muito positivo e saí de lá pensando sobre bibliotecas nacionais, afinal já temos nossa Biblioteca Nacional instalada no Rio de Janeiro. Linda, ativa e considerada pela UNESCO como a sétima biblioteca nacional do mundo e a maior biblioteca da América Latina, então por que chamar a Biblioteca de Brasília de nacional?


ENDEREÇO:
Biblioteca Nacional de Brasília
Setor Cultural Sul, lote 2, Edifício da Biblioteca Nacional
70070-150 - Brasília - DF
55 (61) 3325-6257

Horário de Funcionamento
Segunda a Sexta-feira: 9h às 20h45
Sábados e Domingos: 9h às 17h45

Comentários

  1. Na realidade a dita “Biblioteca Nacional de Brasília” é uma biblioteca pública como várias outras. Nossa biblioteca só recebe a alcunha de “Nacional” porque faz parte do Complexo Cultural Nacional composto pelo Teatro Nacional, Museu Nacional e a Biblioteca Nacional. A Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro continua sendo a única a atuar como repositório legal para publicações.

    Fonte: http://bsf.org.br/2009/04/01/biblioteca-nacional-de-brasilia/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa explicação Lari Lacerda. Obrigada por sua contribuição, eu não sabia e vou a partir de agora disseminar esse dado pois fica um pouco confuso esse nome até para nós que atuamos na área, você concorda?

      Excluir
  2. Na verdade, a explicação está parcialmente correta, já que modernas bibliotecas nacionais (principalmente em países em desenvolvimento) não necessariamente exercem a função de depositárias da produção nacional, uma vez que “... algumas bibliotecas nacionais passaram a desempenhar funções de atendimento à população em geral, ampliando ou afastando-se da função tradicional de depositária da produção intelectual do país.” Também não é exatamente correto dizer que trata-se uma "biblioteca pública como várias outras", ela cumpre sim uma função pública, porém, esse fato por si só não a desqualifica enquanto nacional, pois "em alguns casos, bibliotecas especializadas, universitárias ou públicas, acabam assumindo o papel de biblioteca nacional, em virtude de sua liderança”. Quanto à questão de já existir outra biblioteca nacional, não é uma exclusividade no Brasil, o mesmo ocorre em vários outros países, como nos EUA, Alemanha, Itália e Canadá. Atualmente, observam-se três orientações distintas nas funções das bibliotecas nacionais, sendo: 1. Função depositária; 2. Função de infraestrutura e 3. Função de serviço nacional abrangente. Fonte: CAMPELLO, Bernadete. Introdução ao controle bibliográfico. 2. Ed. Briquet de Lemos: Brasília, 2006.

    Sugiro também a consulta nos seguintes endereços web: http://archive.ifla.org/VII/s1/gnl/ e http://pt.wikipedia.org/wiki/Biblioteca_nacional#cite_note-0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço pelas informações, uma pena você não ter se identificado...

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CARTAZ DE BIBLIOTECA - DIREITOS DO LEITOR, POR DANIEL PENNAC

Salamanca, algumas bibliotecas em 2021

EU NÃO TENHO O HÁBITO DA LEITURA...